Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Wiko View2 GO a evolução da gama View

A marca francesa Wiko tem vindo a apostar no crescimento em território nacional. A qualidade dos seus equipamentos tem vindo a crescer a olhos vistos, mantendo uma boa relação qualidade e preço seguindo a filosofia da marca.

A marca francesa Wiko tem vindo a apostar no crescimento em território nacional. A qualidade dos seus equipamentos tem vindo a crescer a olhos vistos, mantendo uma boa relação qualidade e preço seguindo a filosofia da marca. A Wiko continua a apostar em três gamas de equipamentos para o mercado, mas temos notado que a gama baixa começa a fundir-se com a gama média, oferecendo assim produtos a preços mais acessíveis mas com a qualidade garantida, é nessa gama que se encontra o Wiko View2 GO.

O View2 GO enquadra-se na família View2, onde já podíamos contar com o smartphone Wiko View2, que já tivemos igualmente oportunidade de experimentar. Foi no incio deste mês (setembro) que foi apresentado oficialmente em Portugal, acompanhado da versão PLUS. Dos 3 elementos que compõem esta família de smartphones, o View2 GO vai posicionar-se na gama de entrada como o mais acessível e com as especificações mais simples dos trés. No entanto com especificações interessantes e acompanhado de um preço igualmente interessante, este telefone encontra-se no mercado nacional em duas versões 2GB/16GB e 3GB/32GB, e tendo em conta o preço mais acessível para muitos, encontrámos coisas boas e algumas coisas mais chatas, vamos ver o Wiko View2 GO em detalhe.

Mas primeiro vamos às especificações gerais deste equipamento, primeiro e antes de tudo, como já mencionamos, serão comercializadas duas versões em Portugal onde irá variar a quantidade de memoria RAM e o tamanho do armazenamento interno. Tendo isso em conta, a versão que testamos tem 3GB e 64GB respetivamente.

  • Ecrã IPS HD com 5.93 polegadas, com um rácio de 19.9 e com entalhe
  • Qualcomm Snapdragon 430 Octa-core
  • 3GB de Ram (existe igualmente uma versão com 2 GB)
  • 32 GB de memória interna (existe igualmente uma versão com 16 GB)
  • Bateria de 4000 mAh
  • Câmera traseira de 12 MP
  • Câmera frontal de 5 MP

Estas são as características “base” deste equipamento, obviamente que podemos contar com as outras tantas, tais como; bluetooth, WiFi, GPS mas por exemplo peca por ausência de outras, que já deveriam ser um standard em 2018. Tal como por exemplo a existência de NFC. A versão que testamos do View2 GO não tem NFC disponível. Isto porque a versão que é vendida em Portugal é diferente da versão internacional. No site internacional da Wiko podemos ver que o equipamento que é comercializado lá fora vem equipado com NFC. E tendo em conta o crescimento e investimento de empresas portuguesas na utilização desta tecnologia (MB WAY) por exemplo, seja para fazer pagamentos, sincronizar acessórios ou simplesmente transferir dados, para nós, esta falha é um ponto negativo.

Outro aspeto que falha no View2 GO, é a ausência de um sensor biométrico, a Wiko optou por um outro sistema que iremos abordar mais à frente. Estes são os aspetos que podiam ter sido incluídos no View2 GO, já que a versão do ano anterior o View2 as tinha.

Construção

Apesar do tamanho do ecrã, este smatphone, cabe perfeitamente em qualquer bolso

O Wiko View2 GO apesar de ter um ecrã relativamente modesto, é facilmente manuseado só com uma mão com as seguintes dimensões 153.6 x 73.1 x 8.5 mm, este smartphone cabe perfeitamente no vosso bolso.

No que toca à escolha de materiais escolhidos para a construção do View2 GO a mesma é interessante, pois como estamos a falar de um smartphone de gama de entrada, logo o plástico é a escolha obvia. No entanto a Wiko optou por dar um efeito espelhado à traseira do View2 GO de forma a simular vidro e trasmitir aquele visual quase premium, que efetivamente consegiu. Mas mal o pousamos percebemos que ficámos com o smartphone todo sujo de marcas dos dedos, o que pode ser incómodo. Dei por mim a limpar o smartphone mais vezes do que os meus óculos por exemplo.

Relativamente às suas portas de entrada podemos contar com uma porta micro USB para carregar o smartphone localizada na sua parte inferior, e uma entrada de áudio Jack na parte superior, bem como uma única coluna na sua traseira. Na lateral direita temos o botão de power e de volume, no lado esquerdo temos a entrada para os cartões SIM, e microSD que permitem expandir o armazenamento do View2 GO até 128GB. Igualemnte é possivel ter ao mesmo tempo dois cartões de chamadas, pois o smartphone é Dual SIM.
Existe também um leque de oferta de cores interessante, desde a mais comum que foi a que testamos a Anthracite(cinza), podem ainda contar com as cores Gold(dourado), Cherry Red(vermelho cereja), Deep Bleen(azul profundo), e a Supernova.

Wiko View2 GO
Traseira em plástico com efeito de vidro espelhado, muito refletivo e atrai muitas “dedadas”

Ecrã

O View2 GO vem com um ecrã LCD IPS de 5.93 polegadas com uma resolução HD+, segundo a Wiko. Basicamente são 720 x 1512 pixels, com 282 ppis, com um rácio de 19.9, de forma a proporcionar uma experiência mais imersiva, pelo menos é o que a marca anuncia, mas com esta resolução de ecrã podem esquecer vídeos em Full HD. E apesar de entendermos a escolha da resolução escolhida, tendo em conta o seu preço, pessoalmente achei que o ecrã tem uma tonalidade mais quente o que torna os brancos mais amarelados, comparativamente com o Wiko View2, igualmente presente no ecrã do View2 GO temos a presença de um entalhe que abriga a câmera frontal, bem como a coluna de chamadas e os sensores do smartphone. O ponto que aqui achámos mais interessante, é que ambos os equipamentos têm o mesmo ecrã, a unica diferença é o entalhe aplicado a cada um.

No que toca à visibilidade sobre a luz do sol mesmo com o brilho no máximo requer algum esforço, mas é algo que já nos habituamos nos equipamentos da wiko. Atenção, trata-se de um ecrã decente tendo em conta que é um equipamento comercializado como gama de entrada,.

Performance

O View2 GO vem equipado com um processador Octa-core Qualcomm Snapdragon 430, com uma velocidade de relógio de 1.4, e com a versão do Android 8.1 Oreo, bem como uma a mascara de interface da Wiko por cima (Wiko Launcher). As tarefas diárias correm sem qualquer problema, obviamente que se pretendem dar uma utilização mais pesada o smartphone irá começar a acusar perca de performance. Outro ponto curioso comparativamente entre o View2 GO com o View2, que provavelmente se deve à escolha dos materiais na sua construção, o View2 GO não sobreaquece ao toque comparativamente com o View2 que tinha uma construção em vidro e sempre que era preciso usar por exemplo o GPS, o View2 em poucos minutos aquecia muito, algo que não é tão visível no View2 GO.

No que toca aos testes que realizámos obtivemos uma pontuação de 680 pontos no teste de single-core no Geekbench e 2557 no multi-core, só para terem uma ideia do que esperar. Apesar de preferirmos sempre os testes baseados na utilização real, que pode variar consoante os utilizadores. Durante a semana de testes, o View2 GO não se portou mal. Estamos a falar de uma utilização mais simples, como o recurso a redes sociais, visualização de videos, música, conversações e obviamente chamadas, sem esquecer uns jogos mais simples, nada que realmente puxasse pela sua gráfica (Adreno 505).

Temos que mencionar que testamos a versão com 3 GB de RAM, logo vão existir diferenças de performance entre as versões de 2 e 3 GB de RAM.

Extras

A Wiko oferece uns extras de modo a facilitar a utilização do smartphone nomeadamente só com uma mão. No entanto para mim a mais importante, é como escolhemos desbloquear o nosso smartphone, pois na correria do dia à dia não queremos perder tempo, ou nem sempre podemos ter as duas mão livres.

Como já tínhamos mencionado, devido ao seu design ergonómico é muito fácil segurar e manusear o View2 só com uma mão. No entanto, algo que já começámos a ficar habituados é o desbloqueio do smartphone através de um sensor biométrico. Eu pessoalmente prefiro que esteja localizado na traseira, pois torna a sua utilização muito intuitiva, e era algo que a versão do View2 do ano passado tinha presente na sua construção.

No entanto na versão de 2018 o View2 GO não vem com um sensor biomético incluído. O que é oferecido em alternativa é o desbloqueio facial da Wiko, que apesar de funcionar muito bem e ser relativamente rapido, deixa de ter usabilidade em dois casos, que são mais comuns do que pensam.

  1. Se estiverem a usar óculos de sol;
  2. Se não existir luz sufeciente à volta de forma a iluminar a nossa cara;

Logo se estão no quarto às escuras ou na praia com os vossos Ray-Ban a apanhar sol, lá terão que desbloquear o View2 GO à moda antiga. Testámos também a capacidade do sistema com óculos e sem óculos graduados e funciona igualmente sem qualquer problema.

Outras opções que a Wiko incorporou no View2 GO, é por exemplo o deslizar do ecrã com 3 dedos para fazer um print do mesmo, muito pratico e que gostámos de usar. Outro aspecto que gostamos, foi apesar da presença de um entalhe, a wiko implementou uma interface inteligente, e com ajuda do led não perdemos notificações.

Câmeras

O View2 GO vem equipado com uma câmera traseira de 12 MP com uma abertura de 1/2.9″, e 1.25μm o que oferece boas fotos em boas condições de luz, bem como uma boa opção de filtros para embelezar as nossas fotos. No geral nada extraordinário mas algo que já estamos habituados a ver nesta gama de equipamentos. No entanto algo que já nos tínhamos apercebido no modelo View2 e igualmente no View2 GO é um atraso na velocidade entre o shutter e a foto tirada mesmo a usar uma aplicação para a câmera de terceiros. O que se torna chato se tiverem o vosso sujeito em movimento, timing é a chave.

No caso da câmera frontal o resultado é o esperado de um sensor de 5 MP, a Wiko sabe que a maioria dos utilizadores usa as suas selfies para colocar nas redes sociais e adicionou alguns filtros animados, bem como o modo portrait onde o fundo da foto pode ser desfocado.

Onde realmente ficámos surpreendidos foi na performance do modo video da câmera traseira com a sua gravação em Full HD em 60 frames por segundo, com estabilização e um microfone com cancelamento de som, o resultado final não é perfeito comparativamente a um estabilizador mecânico, mas não deixa de realizar um excelente trabalho. Temos um exemplo no nosso video do unboxing.

Bateria

Este é o ponto forte deste equipamento e acreditamos que será a sua maior arma no mercado, pois estamos a falar de uma bateria com 4000 mAh. O View2 GO tem a mesma capacidade que por exemplo o Galaxy Note 9. E considerando o tamanho do seu ecrã IPS bem como o gasto energético do hardware com ajuda do Android 8.1. Conseguimos ter uma média de utilização de 2 dias e estamos a falar de uma utilização decente, desde streaming de música, redes sociais, e-mail, fotos e video jogos. Claramente ficámos surpreendidos com a sua autonomia. Se considerarmos uma bateria deste tamanho num equipamento relativamente elegante e nesta gama de preços.

Preços e disponibilidade

O Wiko View2 GO já se encontra disponível à venda em Portugal, nas lojas da PhoneHouse onde podem encontrar ambas as versões à venda. A versão de 2GB /16GB pelo preço de 149.99 euros, bem como versão de 3 GB/ 32 GB por 169.99 euros.

Conclusão

Tal como já tínhamos mencionado no início desta análise, a Wiko tem vindo a melhorar a olhos vistos os seus equipamentos e este Wiko View2 GO é prova disso, com especificações interessantes associados a um preço igualmente interessante. Este smartphone abrange um numero diversificado de utilizadores, apesar de ter as suas “limitações” se assim as podemos chamar, é um smartphone interessante. E prova que cada vez os equipamentos de média gama estão a aproximar-se dos topos de gama criando assim uma linha esbatida entre as duas gamas.

Pontos positivos do View2 GO:

Bateria
Preço
Câmera

Pontos negativos:

Ausência de sensor biométrico
Ausência de NFC
Ecrã

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉


Fique atento à nossa página do Facebook e Twitter para obter as notícias em primeira mão.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link