Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi Mi Watch prestes a receber outra atualização OTA com novos recursos

Mais tarde, a 3 de dezembro, a empresa lançou a primeira atualização OTA para o dispositivo com alguns novos recursos e correções de bugs. A empresa está pronta para lançar mais uma atualização aérea (OTA) para o Xiaomi Mi Watch.

Em novembro de 2019, a Xiaomi lançou o seu primeiro smartwatch chamado Mi Watch, que é bastante semelhante à série Apple Watch. Mais tarde, a 3 de dezembro, a empresa lançou a primeira atualização OTA para o dispositivo com alguns novos recursos e correções de bugs.

Xiaomi Mi Watch prestes a receber outra atualização OTA com novos recursos 1

A empresa está pronta para lançar mais uma atualização aérea (OTA) para o Xiaomi Mi Watch. A empresa anunciou que o lançamento começará em 17 de janeiro e planeiam que esteja nos pulsos de todos os utilizadores até 22 de janeiro.

Atualização do Xiaomi Mi Watch OTA

O memorando oficial da empresa revela que a nova atualização trará um novo recurso de monitorização da energia e pressão. Além disso, a empresa também otimizará o recurso de notificação de mensagens que será mostrado automaticamente.

O changelog oficial da empresa inclui o seguinte:

  • Função de monitorização de energia corporal adicionada
  • Função de monitorização de pressão adicionada
  • Adicionada função de treino respiratório
  • Quando notificações forem recebidas, o ecrã é ligado automaticamente e o conteúdo da mensagem é exibido

O Xiaomi Mi Watch vem com um ecrã sensível ao toque quadrado protegida pelo Corning Gorilla Glass 3. Ele possui um ecrã de 1,78 polegadas AMOLED curvo com densidade de pixels de 326 PPI e a parte de trás do relógio é feita de cerâmica.

 

Há um botão à direita que pode ser usado para navegar pela interface do utilizador do relógio.Há ainda um botão multiuso e um microfone no lado direito. À esquerda, o utilizador tem outro orifício para microfone em conjunto com a coluna de saída de som.

O Xiaomi Mi Watch vem equipado com o Qualcomm Snapdragon 3100 4G com quatro núcleos Cortex A7 com clock de 1,2 GHz. O relógio apresenta uma das maiores baterias já vistas num smartwatch com 570mAh de capacidade, que a empresa alega que pode durar até 36 horas ou até dois dias com uma única carga.

Os dispositivos Wearable vêm com recursos como NFC, Bluetooth 4.2, Wi-Fi (n), GPS, um motor de vibração independente e uma coluna grande. Também suporta eSIM, o que garante que que possam se ligar à Internet via rGSM, além de fazer e receber chamadas de forma independente.

A Xiaomi adotou o Google WearOS  para o novo smartwatch. No entanto, tal como os smartphones, o WearOS em execução no relógio Xiaomi será personalizado com a própria capa MIUI for Watch. Uma das diferenças é a integração do XiaoAI assistente inteligente.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais