Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi revela com um sorriso bonito o seu plano para o caso de ser banida pelos EUA

Mas e se a Xiaomi também se vir nos mesmos lençois? Aqui o plano de sobrevivência da Xiaomi.

Atualmente, a Huawei está na lista negra dos EUA, o que alguns dissabores tem trazido à empresa chinesa e aos fâs da marca. Mas e se a Xiaomi também se vir nos mesmos lençois?

Aqui o plano de sobrevivência da Xiaomi. Durante uma entrevista, o gestor de produto da Xiaomi, Abi Go, falou sobre vários tópicos interessantes, onde se incluem a questão dos EUA.

Por um lado, a Xiaomi já está pronta para uma possível proibição por parte do governo americano. O alto executivo aponta que parte da receita da empresa já está a ser direcionada para empresas de fabrico de semicondutores para criar uma cadeia que possa fabricar smartphones sem contar com a ajuda de empresas americanas.

Xiaomi parece não ter medo se o "pior" acontecer

Xiaomi revela com um sorriso bonito o seu plano para o caso de ser banida pelos EUA 1

«Atualmente estamos a avaliar a situação. Mas até este momento não houve "efeito de contágio". De facto, estamos a trabalhar lado a lado e intensivamente com empresas americanas, como Qualcomm, nos chipsets ou Google, nos produtos do ecossistema IoT (Internet of Things). ”, Afirma o gestor global de produtos da Xiaomi.

“De qualquer forma, se algo acontecer no futuro, temos um plano B. Entre outras coisas, estamos a investir muito em vários fabricantes de semicondutores na China. Mas acreditamos que nossa estratégia de negócios não deve ser condicionada pelas decisões tomadas pelos políticos. Até agora, optamos por integrar os melhores componentes nos produtos. E continuaremos a fazê-lo no futuro ”.

“Estamos convencidos de que o que é realmente importante é que fazemos o nosso melhor sem nos preocuparmos com o que os nossos concorrentes fazem. Acreditamos que é positivo ter concorrência porque nos força a tentar fazer melhor. A nossa estratégia é fazer o que achamos que devemos fazer e fazer o nosso melhor. ” diz a porta-voz da Xiaomi.

E o software? É possível que a Xiaomi também conte com o Harmony OS? Nesse caso, o Google deve ter cuidado, pois perderá o domínio no mercado de sistemas operativos móveis.

Veremos o que vai acontecer, mas a Xiaomi parece não ter medo se o "pior" acontecer.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais