Android Geek
O maior site de Android em Português

O que devemos saber antes de comprar um smartphone a uma criança

E se for importante escolher o nosso próprio telefone …

Comprar um novo telefone é sempre uma decisão que deve ser cuidadosamente estudada. Para a maioria dos utilizadores um novo smartphone irá durar alguns anos, por isso é vital gastar dinheiro num produto que não gere arrependimentos futuros.

 

Crianças

E se for importante escolher o nosso próprio telefone ... o mesmo acontece ao comprar um presente para um membro da família e especialmente uma criança como o nosso filho ou sobrinho. Devemos levar em conta os seus gostos, o uso que lhe dará, as características do terminal e especialmente o preço que nos custará. Aqui estão alguns pontos chave para ajufar na decisão.

Especificações do dispositivo: mais importante do que parece

FAmilias Primeiro de tudo, devemos levar em conta o uso que será dado ao dispositivo. Considerando que seja uma criança, possivelmente entre 10 ou 12 anos, fica evidente que o uso que fará do smartphone é navegar na Internet, ver vídeos dos seus youtubers favoritos e especialmente ... jogar muito! Por isso, é evidente que o dispositivo deve ter especifcações interessantes e um processador que possa corresponder com facilidade aos jogos actuais mais populares, como Pokémon GO ou a batalha real  doFortnite entre outros. É claro que também vai ser necessãrio um bom ecrã de 5 ou 5,5 polegadas, não faz sentido comprar para uma criança, um telefone menor.

Vida útil da bateria: muito importante

bateria Se a criança, além de jogar, também gosta de ver vídeos no YouTube, é óbvio que precisa de um dispositivo que não esgote a bateria após duas horas de uso. A  nossa recomendação é adquirir pelo menos um dispositivo com 3.000 mAh. Felizmente, a maioria dos dispositivos actuais tem esse tamanho de bateria por isso é uma questão de gosto - vamos descartar qualquer smartphone com menos de 3000 mAh. Não haverá sentimento pior para a criança do que ter sempre o dispositivo sem energia e ter que estar sempre à procura de uma tomada para carregá-lo.

Durabilidade: Estamos a falar de crianças

criançasEste é um aspecto chave, nõs somos adultos e pessoas responsáveis ​​- pelo menos é o que dizemos - e tendemos a cuidar das coisas, especialmente daquelas que nos custam muito dinheiro. Infelizmente, as crianças são, afinal ... são crianças. Escolher um dispositivo resistente é um aspecto importante a valorizar. Não é necessário adquirir um smartphone ultra resistente à água, poeira e quedas de um sexto andar, mas algo que não fique destruído á primeira queda.

Preço: Não é preciso gastar uma fortuna

Controles dos Pais no AndroidPara além de um bom ecrã, um bom processador e que o telefone não se parta porque a criança caiu do sofá são tudo pontos importantes na hora de escolher um bom smartphone, no final tudo é resumido ao preço.

Obviamente, não vamos dar a uma criança um dispositivo de última geração como o Huawei P30 Pro ou o novo Samsung Galaxy Note10, cujas primeiras impressões podem ser consultadas no seguinte link, mas algo bom, bonito e barato. A nossa recomendação é ir para terminais entre 150 - 200 euros. Embora possa parecer um preço um tanto excessivo para uma criança, a maioria dos terminais de marcas como a Xiaomi, Motorola ou Samsung em si têm dispositivos fabulosos a esses preços.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais