Novo Snapdragon 7 deverá estrear com Snapdragon 8 Gen 1 Plus

O fabricante está com pressa com o lançamento do processador, que deverá ser uma espécie de trabalho sobre os bugs em termos de eficiência energética e deverá ser mais frio do que o seu antecessor. A mesma fonte diz que, juntamente com o Snapdragon 8 Gen 1 Plus, a empresa apresentará o mais recente chip da série Snapdragon 7.

Não faltam rumores sobre o novo chip topo de gama da Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1 Plus. Um leaker já disse que o novo chipset topo de gama poderá ser apresentado já em maio. O fabricante parece estar com alguma pressa com o lançamento deste processador, pois este deverá ser uma espécie de trabalho interno sobre os bugs em termos de eficiência energética e deverá conseguir temperaturas mais frescas, do que o seu antecessor.

A mesma fonte diz que, juntamente com o Snapdragon 8 Gen 1 Plus, a empresa apresentará o mais recente chip da série Snapdragon 7. Presumivelmente, este será o sucessor do Snapdragon 778G. Este deverá ser mais poderoso de todas as outras plataformas nesta linha de SoC. Os núcleos dentro do processador serão agrupados em três clusters “núcleos super performance + núcleos grandes + núcleo pequeno”. Podemos supor que estamos a falar do esquema “1 + 3 +4”.

Qualcomm-Snapdragon-logo.jpg

O novo processador deverá competir claramente com o Dimensity 8000/8100; e será interessante ver quem sairá vitorioso nesta batalha no final. É verdade que os resultados do confronto terão de esperar, porque os primeiros dispositivos com um novo chip da série Snapdragon 7 apenas estarão disponíveis na segunda metade deste ano. Mas a Qualcomm vai ter de puxar dos seus trunfos e melhorar alguns pontos, pois a MediaTek atualmente, está muito forte.

Mediatek vs Qualcomm

De acordo com os resultados do 4º trimestre de 2021, a MediaTek ultrapassou a Qualcomm; e outros desenvolvedores de processadores móveis no mercado de smartphones Android dos EUA. Além disso, de acordo com o The Verge, citando dados da empresa analítica IDC; a quota de dispositivos com base nas plataformas MediaTek nos EUA foi de 48,1%, enquanto que a Qualcomm ficou apenas com 43,9%.

De acordo com os analistas da IDC, a MediaTek conseguiu avançar devido às vendas bem-sucedidas dos smartphones Samsung Galaxy A12, Galaxy A32 e Moto G Pure – estes representavam 51% dos dispositivos baseados na plataforma do construtor taiwanês no quarto trimestre do ano passado e 24% de todo o mercado de smartphones Android nos Estados Unidos.

Novo Snapdragon 7 deverá estrear com Snapdragon 8 Gen 1 Plus 1

No entanto, os jornalistas do The Verge notaram que os dados da empresa analítica Counterpoint Research divergem da informação da IDC: 55% para a Qualcomm e 37% para a MediaTek.

De uma forma ou de outra, o construtor taiwanês de processadores móveis está agora a conquistar ativamente o mercado, incluindo o Americano. Enquanto que a Qualcomm continua a ser a líder indiscutível em chips de dispositivos flagships. Mas a MediaTek já está a mostrar uma presença mais tangível nos segmentos de smartphones de entrada e média gama. No entanto, a empresa asiática também já não vai ignorar modelos de topo, de acordo com as suas próprias declarações. Esta afirma que o processador Dimensity 9000 já demonstra um desempenho superior ao do Snapdragon 888; e logo de seguida, tem soluções sub-flagship sob a forma dos Dimensity 8100 e Dimensity 8000.

Foram ambos complementados pela plataforma Dimensity 1300 compatível com 5G com acelerador de IA incorporado. O trio de processadores móveis vai estrear-se em novos smartphones antes do final do primeiro trimestre; e proporcionará um crescimento adicional da participação da MediaTek em muitos mercados, incluindo os EUA.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!