Huawei pode tornar-se a fabricante de smartphones número 1 mesmo sem o Google

O fundador e CEO da Huawei, Ren ZhengFei está com a força toda.  ZhengFei disse na terça-feira que a Huawei ainda pode tornar-se a principal marca de smartphones do mundo, mesmo que não tenha acesso aos serviços de software e aplicações do Google. Ren recentemente disse numa entrevista com a a CNN, que a Huawei ainda pode tornar-se a marca número 1 do mundo em smartphones, mesmo sem o Google, Ren respondeu:

O fundador e CEO da Huawei, Ren ZhengFei está com a força toda.  ZhengFei disse na terça-feira que a Huawei ainda pode tornar-se a principal marca de smartphones do mundo, mesmo que não tenha acesso aos serviços de software e aplicações do Google.

Ren recentemente disse numa entrevista com a a CNN, que a Huawei ainda pode tornar-se a marca número 1 do mundo em smartphones, mesmo sem o Google, Ren respondeu: "Não acho que isso seja um problema", acrescentando que levará mais tempo.

Imagem relacionada

Após a Proibição comercial dos EUA em maio, o Google parou de fornecer os seus serviços à Huawei. Portanto, a gigante tecnológica chinesa não pode pré-instalar o conjunto de aplicações, onde se incluem Google Play Store, Gmail, Youtube, Maps e outros. Ainda que nós aqui no AndroidGeek tenhamos conseguido dar a volta a isso.

A situação levou consequentemente a Huawei a lançar a sua principal série Huawei Mate 30 sem os Google Mobile Services (GMS) e substituiu-o pelos Serviços móveis da Huawei (HMS). No entanto, o HMS ainda está em estágio inicial e ainda carece de aplicações e serviços compativeís com o ecossistema comparado ao GMS.

Relacionado:  Huawei SEEDS FOR THE FUTURE vai na Sexta Edição em Portugal

Durante um recente evento de lançamento na China, a Huawei anunciou que a série Huawei Mate 30 ultrapassou as 7 milhões de unidades em todo o mundo após o lançamento, em 60 dias e sem os serviços do Google.

Na semana passada, o departamento de comércio dos EUA distribuiu licenças especiais para algumas empresas dos EUA onde se incluem Microsoft para vender os seus produtos e serviços à Huawei. No entanto, ainda há possibilidades de uma distribuição de licenças que permita ao Google fornecer os seus serviços móveis para os novos smartphones da Huawei.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!