Android Geek
O maior site de Android em Português

Galaxy S21 pode ser o primeiro telefone desta família com S-Pen

Não é a primeira vez que ouvimos esse rumor, mas desta vez ganhou muito mais força e significado. Uma S-Pen para o Galaxy S21 e Z Fold 3 Segundo informação da Coreia do Sul, a série S seria a primeira família de telefones não-Note da Samsung a ter uma S-Pen.

No início deste mês, a Samsung oficializou o lançamento da sua nova série Note 20, que já começaram a chegar aos utilizadores, porém, os Galaxy Note 20 podem ser os últimos telefones desta série, já que novos rumores sugerem que a S-Pen vai chegar a outras linhas Samsung, levando à extinção da icónica série Galaxy Note.

Não é a primeira vez que ouvimos esse rumor, mas desta vez ganhou muito mais força e significado.

Uma S-Pen para o Galaxy S21 e Z Fold 3

Segundo informação da Coreia do Sul, a série S seria a primeira família de telefones não-Note da Samsung a ter uma S-Pen. No entanto, este acessório será exclusivo para o S21 Ultra. Isso significa que veríamos novamente 3 modelos que irão tentar satisfazer diferentes necessidades dos utilizadores, teríamos o S21, o S21 + e o S21 Ultra.

Veja as imagens de origem

Isso faz sentido considerando que o S21 Ultra (ou S30 Ultra) seria o modelo com o ecrã maior e seria semelhante em tamanho ao Note 20 Ultra deste ano.

O exposto acima leva a outra questão muito interessante, se o S21 Ultra será um aparelho com S-Pen que vai substituir o Galaxy Note 20 Ultra, então o que acontecerá com o lançamento no segundo semestre que a Samsung vem a fazer há muitos anos ? O plano da empresa parece ser um Galaxy Z Fold com S-Pen, então teríamos um telefone "normal" com este acessório, e um flexível também com uma caneta touch e direccionado para o setor empresarial, de facto, uma S-Pen num Galaxy Z Fold faz muito sentido devido ao tamanho de ecrã e ao setor a que se dirige.

Relacionado:  Nokia planeia ressuscitar dois clássicos em breve

Com isso, o Galaxy Z Fold 3 seria o único telefone apresentado no segundo semestre do ano, mas haveria dois lançamentos com a S-Pen, além dos tablets que também a utilizam.

Uma decisão importante e arriscada

O único problema que a Samsung enfrentaria é que essa mudança pode reduzir significativamente as suas vendas internacionais, já que atualmente a empresa vende cerca de 10 milhões de unidades do Galaxy Note, números que por enquanto parecem impossíveis para um telefone flexível.

Talvez um S21 Ultra com S-Pen gere muito mais vendas em relação à S20 devido a este acessório, pois muitos utilizadores não apostam na série S apenas pela S-Pen, a empresa terá que experimentar e ver se é este o caminho.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!