Android Geek
O maior site de Android em Português

Suporte HDR Netflix chega para os LG G7 One, Sony Xperia XZ3 e Xperia XZ2 Premium

Embora a Netflix HDR continue a sua expansão para mais dispositivos, continua a ser um recurso exclusivo dos telefones e tablets premium. A última vez que falámos sobre o assunto, cinco dispositivos receberam suporte a Netflix HDR, mas isso já foi em agosto.

Embora a Netflix HDR continue a sua expansão para mais dispositivos, continua a ser um recurso exclusivo dos telefones e tablets premium. A última vez que falámos sobre o assunto, cinco dispositivos receberam suporte a Netflix HDR, mas isso já foi em agosto. Hoje temos novidades, e é bom ver que mais equipamentos têm este privilégio.

Hoje, outro conjunto de  três telefones foi adicionado à lista: LG G7 One, Sony Xperia XZ3e Xperia XZ2 Premium. Obviamente, o utilizador precisa de um plano de assinatura Netflix UHD para beneficiar do Netflix HDR e encontrar uma série ou filme que suporte este formato..

Além dos três telefones mencionados no título, aqui estão os outros dispositivos que possuem suporte a HDR: Honor 10, Huawei Mate 10 Pro,Huawei P20,LG G7 LG V30,LG V35, Razer Phone,Samsung Galaxy Note 8, Samsung Galaxy Note 9,Samsung Galaxy Tab S3,Samsung Galaxy Tab S4,Samsung Galaxy S9, Sony Xperia XZ Premium, Sony Xperia XZ1 e Sony Xperia XZ2.

Netflix Users On Android Are Getting A New Ui With Bottom Navigation Bar

 

Netflix poderá em breve cobrar mais por conteúdo 4K e HDR

A mudança provavelmente será um sinal de que a empresa está cada vez mais confiante na sua ascensão à supremacia no espaço de streaming de vídeo. Em abril, a empresa foi avaliada em mais de 170 mil milhões de dólares, pelos investidores que apostam cada vez mais no potencial da Netflix para o crescimento internacional. Na ocasião, contava com cerca de 125 milhões de assinantes em todo o mundo.

Não é por acaso que desde que a Netflix começou a produzir o seu próprio conteúdo, há cinco anos, já recebeu 72 prémios e 432 nomeações por causa dos seus próprios programas de televisão e filmes, incluindo Oscar, Emmy e Globo de Ouro. A empresa, este ano, já gastou cerca de 8 mil milhões de dólares em novas produções.

Assim, os novos preços poderiam ser justificados pelo conteúdo exclusivo premium, e não apenas pelos fluxos de vídeo de alta resolução. Mas, com um preço alto, ele deve esperar que rivais como Amazon, Hulu e Apple se aproveitem desse aumento de preço, e potencialmente ofereçam novos filmes e programas de grandes distribuidores através dos seus serviços antes do Netflix.

Possuo atualmente o plano premium, e começo a achar €19,99 um preço excessivamente alto para um serviço de streaming de vídeo, tendo em conta que o mesmo tem de ser sempre apoiado por um operador que disponibilize uma ligação à Internet.

Fonte

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link