Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung vende 50% mais smartphones graças ao super poder de dobrar smartphones

Parece que o compromisso com a inovação levou a uma receita recorde da Samsung no mercado de tecnologia móvel, os sul-coreanos crescem quase 50% com os smartphones dobráveis em destaque.

Na Samsung a inovação não é uma opção, é uma certeza. O gigante sul-coreano vive momentos históricos, a preparar a sucessão de Lee Kun-hee, no mercado móvel a Samsung tem motivos para comemorar, pois parece que a sua aposta em smartphones dobráveis está a dar frutos numa indústria ávida por grandes novidades.

O Android Central, veio confirmar que Samsung registou uma receita recorde no terceiro trimestre de 2020, e isto num ano que ficará para a história como o mais estranho que já vivemos, até agora.

As vendas de smartphones Samsung cresceu cerca de 50% entre julho e setembro, em parte impulsionada pela alta procura pelas últimas novidades dobráveis da empresa, o Galaxy Z FlipGalaxy Z Fold2, embora a Samsung já tenha posto alguma água na fervura e tenha dito que esperam uma queda nos resultados do quarto trimestre pela "Competição intensa" e o declínio na procura por Chipsets de memória.

Samsung vende 50% mais smartphones graças ao super poder de dobrar smartphones 1

O Samsung Galaxy Z Fold2 tem sido um dos grandes sucessos da Samsung

Os resultados são notáveis ​​para uma gigante como a Samsung, porque no meio de uma retração do mercado, os sul-coreanos se permitem faturar $ 59,1 mil milhões durante o trimestre, e crescer 59% ano a ano em lucro operacional, com uma cifra estratosférica de 10.890 milhões de dólares.

Esses resultados são sustentados graças ao crescimento nas vendas da sua divisão móvel e eletroeletrônicos, além de uma melhoria na gestão flexível da sua cadeia de fornecedores.

Especificamente, o aumento nas vendas de smartphones atinge cerca de 50% ano a ano, com modelos como Galaxy Note20 e o Galaxy Z Fold2 que são um sucesso global assim como um "brilharete" no mercado de massa com números recorde na Índia, um campo de batalha no qual a Xiaomi também concentrou esforços recentemente.

A divisão responsável pelos SoCs Exynos, cresceu significativamente, e também as vendas de televisores e aparelhos Premium.

No quarto trimestre de 2020 as coisas vão abrandar um pouco e são esperadas quedas no volume de vendas em praticamente todas as divisões da empresa, principalmente num mercado de tecnologia móvel onde a competição cresce com a chegada de novos IphoneGoogle Pixel, e também do novo monstro da Huawei, o que vem tornar a batalha mais desafiante pois há mais opções FlagShip.

Talvez por essa queda esperada, ou porque mais cedo ou mais tarde o mercado vai exigir, a Samsung já está a estudar formas de mais uma vez seguir a Applenão incluir carregador ou fones de ouvido com os seus smartphone, embora por enquanto seja apenas especulação e a única coisa que sabemos sobre a estratégia da gigante sul-coreana é que ela continua a vender a um ritmo recorde e o seu compromisso com a inovação e os smartphones dobráveis ​​foi bem-sucedido

Vamos torcer para que em 2021 a conjetura política e social estimule a inovação e que estejamos todos de saúde e com rendimentos para o apreciar.

Bom domingo!

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!