Rússia vai lançar a sua loja Nashstore, para substituir Google Play Store

Desde o início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, tem havido várias sanções à Rússia. A nação está agora a fazer o seu melhor para garantir que providencia aos seus cidadãos. Apesar de todas as sanções, a guerra continua a decorrer e a piorar.

Os desenvolvedores de tecnologia russa estão a construir uma loja de aplicações que pode substituir o Google Play. A nação transcontinental planeia lançar oficialmente a nova loja de aplicações no dia 9 de maio. Este dia é feriado nacional na Rússia para celebrar a vitória da Segunda Guerra Mundial. O YouTube e o Google Play suspenderam todos os serviços baseados em pagamentos, incluindo subscrições, na Rússia este mês, no meio de sanções ocidentais.

“Infelizmente, os russos já não podem usar o Google Play para comprar aplicações normalmente, e os desenvolvedores perderam o seu fluxo de receitas”, disse Vladimir Zykov, diretor de projetos da plataforma Digital. “Foi por isso que criámos a loja russa de aplicações NashStore”, disse Zikov em comunicado. A NashStore, que se traduz em “OurStore” em inglês, servirá dispositivos móveis Android e acabará por ser compatível com o cartão bancário Russo Mir.

Rússia vai lançar a sua loja Nashstore, para substituir Google Play Store 1

Desde o início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, tem havido várias sanções à Rússia. A nação está agora a fazer o seu melhor para garantir que providencia aos seus cidadãos. Apesar de todas as sanções, a guerra continua a decorrer e a piorar. Segundo o presidente norte-americano Biden, estas sanções provavelmente não vão parar a guerra. No entanto, acredita que as sanções irão exercer alguma pressão sobre a Rússia. Obviamente, estas sanções não estão a dissuadir os russos da guerra. Não sabemos se as sanções terão ou não um impacto significativo.

Rússia vai apoiar desenvolvimentos dos seus próprios chipsets

De acordo com os media russos, as autoridades competentes da Federação Russa estão a considerar incluir as duas principais instituições de design de chips, a Baikal Electronics e a MCST, na lista de empresas de espinha dorsal. Os meios de comunicação russos afirmam que isso ajudará a transferir processadores da TSMC para fábricas continentais para a fundição.

 

Rússia vai lançar a sua loja Nashstore, para substituir Google Play Store 2

Anteriormente, a Baikal Electronics e a MCST desenvolveram processadores Elbrus, ambos fabricados pela TSMC. Afetada pelas sanções, a TSMC deixou agora de realizar o contrato. De acordo com os meios de comunicação russos, depois de identificadas como empresas essenciais, as instituições acima mencionadas receberão uma série de apoios, tais como subsídios financeiros e empréstimos com juros baixos.

A análise de peritos na matéria afirmam que, nos contratos públicos, os chips domésticos das instituições acima referidas terão uma prioridade especial. A ecologia do software de aplicações em torno de servidores domésticos será alvo de um desenvolvimento sério. Algumas fontes preocupam-se também com o facto de o apoio às empresas de design de processadores para fins gerais atraírem sanções mais severas por parte do Ocidente. No entanto, não deverá demorar muito para descobrirmos quais serão as novas sanções.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!