Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei: evita proibição de vendas à última da hora

No entanto, a Huawei conseguiu virar a maré no último minuto. A Huawei estava em disputa com um grupo de empresas, onde se inclui o Instituto Fraunhofer, a Mitsubishi e a Panasonic.

CFO presa,  acusações de espionagem, o fiasco nos EUA – para a Huawei, tem sido uma série de más notícias. A proibição de vender os seus próprios smartphones na Alemanha teria sido outro golpe duro. No entanto, a Huawei conseguiu virar a maré no último minuto.

Huawei: evita proibição de vendas à última da hora 1

A Huawei estava em disputa com um grupo de empresas, onde se inclui o Instituto Fraunhofer, a Mitsubishi e a Panasonic. Ao enfrentar o tribunal distrital de Dusseldorf, a empresa chinesa perdeu e foi condenada a interromper as vendas de smartphones, tablets e notebooks. Para evitar isso, a Huawei assinou agora um contrato de licença com o outro lado. A proibição pode assim, ser evitada, como os advogados assinalaram.

Não está claro quais osbmodelos que teriam sido afetados pela proibição de vendas. No entanto, a informação do Handelsblatt afirma que “alguns dos principais modelos” do fabricante chinês estavam em foco. Se a Huawei não tivesse como sair do dilema, poderia ter visto o Mate 20 Pro ou os diferentes modelos do popular Huawei P20 proibidos na Alemanha.

É sobre a tecnologia de vídeo da Huawei

O argumento gira á volta de uma tecnologia usada em vídeos. Os programadores da Fraunhofer, juntamente com outros investigadores , desenvolveram uma tecnologia que permite vídeos com alta qualidade e menos espaço de armazenamento. O padrão é chamado H.246 / AVC e é usado em muitos dispositivos. A Administração de Licenciamento MPEG da empresa norte-americana (MPEG LA) gere a licença. Além da Huawei, a organização também tinha em mira a ZTE, outra fabricante chinesa, antes do indiciamento do tribunal distrital em Düsseldorf.

A Huawei, como a ZTE, anunciou inicialmente um recurso. Com o acordo agora alcançado, a Huawei evitou uma disputa legal longa e cara com um resultado aberto e evitou a proibição de vender na Alemanha. Com a ZTE, um acordo semelhante está prestes a ser finalizado.

 

Fonte

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link