Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei tem CFO libertada sob fiança no Canadá, ainda possível extradição para os EUA.

No 1º de dezembro, as autoridades canadianas prenderam a diretora financeirabda Huawei, Wanzhou Meng, fazendo cumprir um mandato dos agentes da lei dos EUA. O The Globe é o Courrier informaram que Meng seria extraditada para os EUA sob a suspeita de que violou as sanções contra o Irão, ajudando a facilitar a venda de equipamentos Huawei a este país. Ela foi presa em Vancouver no 1º de dezembro.

No 1º de dezembro, as autoridades canadianas prenderam a diretora financeirabda Huawei, Wanzhou Meng, fazendo cumprir um mandato dos agentes da lei dos EUA. O The Globe é o Courrier informaram que Meng seria extraditada para os EUA sob a suspeita de que violou as sanções contra o Irão, ajudando a facilitar a venda de equipamentos Huawei a este país. Ela foi presa em Vancouver no 1º de dezembro. Após uma audiência em tribunal, concluída a 11 de dezembro no Canadá, Meng foi concedida fiança.

Huawei tem CFO libertada sob fiança no Canadá, ainda possível extradição para os EUA. 1

A fiança libertará Meng da custódia canadiana, pelo menos por enquanto, para que ela possa viver em casa (embora sob vigilância) enquanto aguarda a audiência sobre a potencial extradição para os EUA por conta das acusações que levaram à decisão inicial de a prender.

Por seu turno, a Huawei negou qualquer irregularidade e afirmou que o tribunal chegará a uma "conclusão justa". numa declaração ao Engadget a Huawei disse:

A nossa CFO corporativa, Meng Wanzhou, foi provisoriamente detida pelas autoridades canadianas em nome dos Estados Unidos da América, que pede a extradição da Sra. Meng Wanzhou para enfrentar acusações não especificadas no Distrito Leste de Nova York.

A empresa recebeu muito pouca informação sobre as acusações e não tem conhecimento de qualquer irregularidade da Sra. Meng. A empresa acredita que os sistemas legais do Canadá e dos EUA chegarão a uma conclusão justa.

A Huawei cumpre todas as leis e regulamentos aplicáveis ​​nos locais onde opera, onde se incluem as leis e regulamentos de controlo de exportação e sanções aplicáveis ​​da ONU, EUA e UE.

Meng é uma das vice-presidentes da Huawei e é filha do fundador da empresa, Ren Zhengfei. A sua prisão e extradição exacerbam ainda mais as relações entre a China e os EUA, com a embaixada chinesa a afirmar que "tomará todas as medidas para proteger resolutamente os legítimos direitos e interesses dos cidadãos chineses".

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais