Android Geek
O maior site de Android em Português

Filha do fundador da Huawei presa em Vancouver pelas autoridades canadianas

Na quarta-feira, autoridades canadianas prenderam a diretora financeira da Huawei Wanzhou Meng, esta é nada menos que a filha do co-fundador da Huawei, Ren Zhengfei. A detenção ocorreu enquanto trocava voos em Vancouver. Isto foi feito a pedido da polícia dos Estados Unidos.

Na quarta-feira, autoridades canadianas prenderam a diretora financeira da Huawei Wanzhou Meng, esta é nada menos que a filha do co-fundador da Huawei, Ren Zhengfei. A detenção ocorreu enquanto trocava voos em Vancouver. Isto foi feito a pedido da polícia dos Estados Unidos. Wanzhou Meng  é acusada de não cumprir as condições do embargo ao Irão imposto pelos EUA. Mais uma vez vemos o governo dos EUA armado em polícias do mundo.

Filha do fundador da Huawei presa em Vancouver pelas autoridades canadianas 1

Também hoje, o diretor do CSIS (Serviço Canadiano de Inteligência de Segurança) alertou os canadianos sobre “espionagem patrocinada pelo estado” com redes 5G que estão atualmente em desenvolvimento com a Telus e a Bell. A Rogers tem realizado testes de 5G com a Ericcson. Isto tudo está a acontecer não muito tempo depois da Nova Zelândia e Austrália concordarem em proibir as operadoras de comprarem equipamentos de telecomunicações da Huawei devido a preocupações de segurança.

Após a prisão, a Huawei Global divulgou uma declaração em relação à situação atual.

“Recentemente, nossa CFO corporativa, Meng Wanzhou, foi provisoriamente detida pelas autoridades canadianas em nome dos Estados Unidos da América, que pede a extradição da Sra. Meng Wanzhou para enfrentar acusações não especificadas no Distrito Leste de Nova York. 

A empresa recebeu muito pouca informação sobre as acusações e não tem conhecimento de qualquer irregularidade praticada pela Sra. Meng. A empresa acredita que os sistemas legais do Canadá e dos EUA chegarão a uma conclusão justa.

A Huawei cumpre todas as leis e regulamentos aplicáveis ​​em que opera, onde se incluem as leis e regulamentos de controlo e sanção de exportação aplicáveis ​​da ONU, EUA e UE. ”

Lembramos que a ZTE foi banida dos EUA este ano por violar a base de sanções contra o Irão até Trump e o governo chinês serem capazes de chegar a um acordo. Agora com a prisão de Meng, a China vai querer fazer outro acordo com o presidente Trump?

Fonte 1 | Fonte 2

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link