Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei aspira a ser o primeiro fabricante global em 2020

A luta pelo topo do pódio de fabricantes de smartphones está ao rubro entre a Samsung, Huawei e Apple. Com propostas como Huawei Mate 20 Pro a empresa chinesa está no auge – ou mesmo acima em alguns aspectos – de outros terminais de alta gama como o Samsung Galaxy Note 9 ou o iPhone XS Max, dois dos melhores telefones smartphones high-end do momento.

A luta pelo topo do pódio de fabricantes de smartphones está ao rubro entre a Samsung, Huawei e Apple. Com propostas como Huawei Mate 20 Pro a empresa chinesa está no auge – ou mesmo acima em alguns aspectos – de outros terminais de alta gama como o Samsung Galaxy Note 9 ou o iPhone XS Max, dois dos melhores telefones smartphones high-end do momento.

Huawei aspira a ser o primeiro fabricante global em 2020 1

Com a lição bem estudada, e grandes planos para o futuro é latente uma ambição mais do que justificada pelo lugar cimeiro. A Huawei declara que pode entrar na competição pela primeira posição de vendas mundial, uma ideia que pode se materializar se analisarmos os dados mais recentes, a progressão da empresa e a queda nas vendas dos seus principais rivais.

Huawei a caminho do topo

Huawei aspira a ser o primeiro fabricante global em 2020 2

No segundo trimestre de 2018, a Huawei vendeu mais de 54 milhões de telefones, ultrapassasndo a Apple como o segundo fabricante mundial. A Huawei quebrou assim o seu recorde de quota de mercado, com uns generosos 27% do total de dispositivos vendidos, de acordo com a IDC. Sucessos de vendas como P10 Lite, P20 ou a linha Mate estão a catapultar a Huawei em direção a um trono que, mais cedo ou mais tarde, parece ser seu por direito próprio.

Desde 2017 que está previsto que a Samsung perderia participação de mercado progressivamente e é o que tem acontecido. Embora continue a ser a empresa mais vendida, o crescimento da Samsung é inexistente e a participação de mercado decrescente. Neste ponto de viragem, O CEO da Huawei, Yu Chengdong -Richard Yu-, aproveita a oportunidade para comentar as expectativas futuras da empresa.

No próximo ano, a diferença entre a Huawei e o primeiro lugar será muito pequena, e estaremos até mesmo em pé de igualdade com a Samsung. Pelo menos em 2020, teremos a oportunidade de nos tornarmos os primeiros

Com humildade e ambição quanto baste, Yu conta que a Huawei tem uma oportunidade de ouro para se tornar o primeiro fabricante global em 2020. Os números falam por si e a evolução da sua gama média e alta, tanto ao nível da inovação como das vendas, ajuda a impulsionar as previsões fornecidadas pela IDC.

A Huawei é a única empresa capaz de se tornar líder a curto prazo,. Prova disso é a evolução dos terminais chineses no mercado europeu, ao lado de uma gigantesca Xiaomi que não para de crescer.

 



Fique atento à nossa página do Facebook e Twitter para obter as notícias em primeira mão.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais