Android Geek
O maior site de Android em Português

Honor View 20 com câmara no ecrã, sensor de 48MP e mais

Três importantes avanços tecnológicos que serão apresentados no próximo Honor View 20 foram revelados em Hong Kong. O Honor View 20 será o primeiro do mundo com câmara no ecrã – a mesma coisa que esperamos ver no Samsung Galaxy S10 no próximo ano – assim como uma câmara principal de 48MP e o que Honor está a chamar de Link Turbo, que combina sinais Wi-Fi e LTE para aumentar as velocidades de download. O sucessor do View 10 deverá ser anunciado globalmente em Paris a 22 de janeiro, mas a Honor está claramente ansiosa para entrar no hype da câmara no ecrã um pouco mais cedo.

Três importantes avanços tecnológicos que serão apresentados no próximo Honor View 20 foram revelados em Hong Kong. O Honor View 20 será o primeiro do mundo com câmara no ecrã - a mesma coisa que esperamos ver no Samsung Galaxy S10 no próximo ano - assim como uma câmara principal de 48MP e o que Honor está a chamar de Link Turbo, que combina sinais Wi-Fi e LTE para aumentar as velocidades de download.

Honor View 20 com câmara no ecrã, sensor de 48MP e mais 1

O sucessor do View 10 deverá ser anunciado globalmente em Paris a 22 de janeiro, mas a Honor está claramente ansiosa para entrar no hype da câmara no ecrã um pouco mais cedo.

Honor View 20 com câmara no ecrã

Um circo mágico circular de 4,5 mm de diâmetro localizado no canto superior esquerdo do ecrã LCD do View 20, permite que a câmara frontal fique por baixo e veja através do ecrã. Embora essa solução não ofereça muito mais espaço utilizável no ecrã quando comparada a um pequeno entalhe de gota de água, esta solução é visualmente menos intrusiva versus o entalhe. Claro,  não vão encontrar sensores adicionais nesseppequeno buraco, apenas a câmara.

A Honor afirma que “ao usar um design especial, mantém a estrutura do ecrã enquanto permite que a câmara frontal funcione corretamente”, enfatizando que “o buraco não é um buraco tradicional”. O Huawei Nova 4, mostrado abaixo, apresenta o mesmo tipo de ecrã, vejam o vídeo para um vislumbre de como será a versão final.

A Honor frisou de que o olho mágico adotado por “outros intervenientes da indústria” mede 6 mm de diâmetro, enquanto que o seu olho mágico reduz a área total em 42%. 

Honor View20 sensor 48MP Sony IMX586

O Honor View 20 também vai apresentar a primeira câmara de 48MP do mundo num smartphone, assumindo que o equipamento da Xiaomi não chega primeiro. O Sony IMX586 é um sensor CMOS de meia polegada com resolução de 48 MP e tamanho de pixel de 0,8 mícron. Este Sony IMX586 usa um processo chamado pixel binning para combinar os dados de luz de quatro pixels adjacentes em situações de pouca luz, permitindo que o Honor View 20 crie imagens mais brilhantes de 12MP com menos ruído.

O Sony IMX586 é um sensor CMOS de meia polegada com resolução de 48 MP e tamanho de pixel de 0,8 mícron.

O Chipset é o  Kirin 980   um chip com NPU duplo e ISP duplo, isto significa que o Honor View 20 também vai apresentar um aumento de processamento de imagem. De acordo com a Honor, o processamento de imagens do View 20 melhorou 134% - presumivelmente desde o View 10 - e o processamento da câmara melhorou em 46%.  A Honor também está a tirar proveito dos benefícios dos  48MP AI HDR no View 20. o utilizador pode ver alguns exemplos de fotos tiradas com o IMX586  Aqui.

Honor View 20 Link Turbo

Por fim, o Link Turbo combina sinais Wi-Fi e LTE para fornecer velocidades de download ainda mais rápidas. É basicamente a mesma coisa que a Samsung estava a fazer desde o Galaxy S5 com o Download Booster. O Link Turbo utiliza AI e big data para analisar as condições da rede e descobrir a melhor maneira de fornecer um resultado ideal. Mudar de um sinal para outro é uma operação contínua para que os jogadores não sofram dores de cabeça durante a transmissão de dados.

o Huawei Nova 4, que também possui uma câmara num buraco no ecrã, também deve chegar num futuro não muito distante. Com a Huawei, Honor e Samsung já a meio caminho de anunciar dispositivos com câmaras no ecrã nos primeiros meses de 2019, o actual entalhe que tanta controvérsia gerou, pode estar perto dos seus dias finais.

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais