Android Geek
O maior site de Android em Português

Exynos 1000 da Samsung tem o que é preciso para bater Snapdragon 875

Mas é emocionante saber que a Samsung pode finalmente corrigir a guerra Exynos VS SnapDragon que tanta tinta fez correr nos últimos anos. Qual era o problema?

Sim, sabemos que até pode ser cedo para este tipo de notícia, especialmente porque não esperamos que os primeiros telefones Samsung com Exynos 1000 cheguem até fevereiro do próximo ano. Mas é emocionante saber que a Samsung pode finalmente corrigir algo que tanta tinta fez correr nos últimos anos.

O Exynos 1000 da Samsung pode ser mais rápido que o Snapdragon 875

Qual era o problema?

Se não são utilizadores de FlagShips Samsung, ou se simplsmente nunca prestaram muita atenção aos componentes internos do vosso telefone, podem não saber que a Samsung tem por hábito lançar os seus equipamentos das linhas S e Note com chipsets Exynos na Europa e outros mercados e chipsets SnapDragon na Europa. Durante anos a Samsung defendeu que a performance dos equipamentos era equivalente, só que não é. Benchmarks detalhados mostraram mais que uma vez que os consumidores Europeus estão a comprar um produto inferior, e ninguém está feliz com isso. Mas graças aos avanços tecnológicos no fabricos de SoCs Exynos tudo pode mudar em 2021.

Exynos pode bater SnapDragon pela primeira vez na história

A informação vem de um fórum coreano onde várias pontuações do Geekbench foram publicadas. Consta que duas unidades Samsung Galaxy S21 foram testadas - uma com Exynos 1000 e outra com Snapdragon 875. Além disso, há um telefone Xiaomi Mi 11 com Snapdragon 875 incluído na análise também.

Segundo a fonte, as pontuações single e multi-core do Samsung com Exynos 1000 são mais altas do que a sua contraparte Snapdragon 875. No teste de núcleo único, o Exynos 1000 conseguiu 1302 pontos e 4250 em multi, O Snapdragon 875 1159 e 4090, respectivamente. O Mi 11 não está muito longe também com 1102 e 4113 pontos.

A fonte acrescenta que ainda há um problema com Cortex-X1 recém-anunciado da ARM , então a Samsung decidiu aumentar sua frequência, deixando o Snapdragon 875 para trás. Podem dizer, esta é uma confirmação de que ambos os chipsets farão uso do Cortex-X1.

No entanto, é óbvio que todos os aparelhos envolvidos no teste são amostras de pré-produção, o desempenho de ambos os SoCs provavelmente aumentará após o lançamento. Ainda assim, esta é provavelmente a primeira vez que vemos o Exynos bater um SnapDragon e sendo que ambos os Chipsets serão baseados no processo de 5nm da Samsung e partilharão uma arquitetura semelhante, não será uma surpresa se os dois SoCs chegarem em simultâneo. .

Fonte 1Fonte 2

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!