Android Geek
O maior site de Android em Português

Ainda não há Android Pie no gráfico de distribuição do Android

Há uma enorme segmentação na distribuição das versões do sistema operativo Android, e as atualizações nunca chegam tão cedo quanto desejamos. De vez em quando, no entanto, um novo gráfico de distribuição é lançado para que possamos refletir sobre as tendências e os números.

Há uma enorme segmentação na distribuição das versões do sistema operativo Android, e as atualizações nunca chegam tão cedo quanto desejamos. De vez em quando, no entanto, um novo gráfico de distribuição é lançado para que possamos refletir sobre as tendências e os números.

Ainda não há Android Pie no gráfico de distribuição do Android 1

A última edição coloca a Oreo em pouco menos de 1/5 do mercado (19,2% do total entre 8,0 e 8,1), um aumento de 4,6 pontos percentuais desde a última vez que verificamos. O Nougat ainda é o maior, mas há uma pequena queda (29,3% contra 30,8%), um pouco dos ganhos do Oreo provavelmente vieram de atualizações, não apenas de novos lançamentos.

O mais novo Android 9.0 ainda está para aparecer no gráfico - não é de admirar que seja o caso quando praticamente apenas os Pixels e uns poucos felizardos que contam com Android 9.0 Pie estável e oficial.

Ainda não há Android Pie no gráfico de distribuição do Android 2

Android 9 Pie vai trazer-nos mais eficácia energética

 

bateria sempre foi o ponto fraco de muitos smartphones, por isso temos visto que cada vez mais equipamentos oferecem baterias maiores, mas será essa a solução? Não seria possível ou melhor solução, obtermos essa eficácia energetica através de automatização de software? Baterias mais pequenas levam a smartphones com designs mais elegantes.

Os utilizadores importam-se muito com a bateria, e qualquer pessoa percebe bem o porque dessa relação, sem bateria não podemos brincar com o nosso smartphone, logo a nossa utilização está diretamente ligada com a duração das baterias. Mas sabemos que no caso do sistema Android, temos sempre aplicações a correr por trás, isso efetivamente oferece mais performance mas consome mais bateria.

Mas a Google tem vindo a melhorar bastante nesse setor, com cada nova iteração do sistema Android temos tido novidades nesse campo, mas não é só a Google que tem que fazer o esforço, os programadores têm que ter noção da evolução do sistema e adaptar a forma de como criam aplicações. E como parte do programa de boas praticas e políticas da Google, o API (esqueleto de uma aplicação) não pode exceder mais do que um ano comparativamente com a versão do Android atual. Logo os programadores têm que avaliar as suas necessidades de segundo plano e de primeiro plano, o que pode ter um impacto significativo no desempenho e autonomia do equipamento.

Tendo isso em conta, as versões anteriores do Android incluíram vários recursos que vieram ajudara a gerenciar melhor a duração da bateria, como:

  • Agendador de Trabalhos no Android 5.0 Lollipop, que permitia adiar trabalho
  • Doze e App Standby no Android 6.0 Marshmallow, que desativa o acesso à rede e suspende as sincronizações e o trabalho em segundo plano – quando o dispositivo ou as aplicações não são usados ​​por um período prolongado.
  • Melhorias no Doze no Android 7.0 Nougat, que aplica um subconjunto de restrições Doze quando o ecrãestá desligado e não está parado.
  • Limites de fundo no Android 8.0 Oreo, que impedem serviços em segundo plano e aceleram as atualizações de localização.

Mas agora a grande pergunta que fazemos é, e na próxima versão do Android 9 o que podemos esperar?

Bem segundo a Google, foram feitas melhorias adicionais com base em três princípios:

  1. Os programadores querem criar aplicações interessantes
  2. As aplicações precisam ser eficientes em termos de energia
  3. Os utilizadores não querem ser incomodados em definir as configurações da aplicação

Logo o sistema operativo precisa de ser mais inteligente, e de se adaptar às preferências do utilizador, melhorando a vida útil da bateria do dispositivo. E para atender a estas necessidades a Google introduziu

  1. Reservas adicionais para aplicações
  2. Restrições em aplicações a correr no fundo
  3. Economizador de bateria

O modo de poupança de bateria e o Doze funcionam no nível do equipamento, enquanto que a bateria adaptável(as reservas das aplicações) são alimentadas por um modelo pensamento profundo, e as restrições de fundo operam numa base por aplicação. O diagram abaixo irá simplificar e clarear as ideias de forma a entender, quando um trabalho será agendado e será executado.

Android 9 Pie vai trazer nos mais eficácia energética image

Apesar de ser uma informação mais técnica e ter foco para os programadores, é sempre bom os consumidores ficarem com uma ideia(simplificada) de todo o trabalho que existe por trás. Por outro lado ficamos com uma noção dos esforços que a Google e a comunidade têm feito para nós trazerem sistemas e aplicações eficientes. E por ultimo, fazemos a seguinte questão preferiam ter aplicações e sistema energeticamente eficientes, ou baterias maiores com tudo o que vem associado a elas.

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link