Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância

Para todos aqueles que não têm vivido numa caverna nos últimos anos, dizermos que a Huawei tem no Huawei Mate 9 muito provavelmente um dos melhores smartphones de 2016 não será uma surpresa.

A Huawei percorreu um caminho difícil para se afirmar como marca de confiança no mercado Europeu, mas a qualidade dos terminais apresentados mostra bem o que os consumidores podem esperar desta gigante chinesa. Para “pintarmos” este quadro de sucesso em números, fiquem com o registo que a Huawei vendeu 10 milhões de P8 Lite e já vai em 9 milhões de P9 vendidos. Se isto não é mostra do investimento em qualidade que a marca tem feito, então não sei o que mais poderá ser prova disso.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image

A Huawei saltou em poucos anos da categoria de fabricante de marca branca, cujos produtos eram usados pelas operadoras para colocar o seu próprio Branding, para uma das maiores fabricantes de Smartphones a nível mundial. Mais concretamente a 3ª maior fabricante, logo atrás de Samsung e Apple respectivamente.

Se há algo que o mais novo equipamento da Huawei nos consegue mostrar no imediato, é que a gigante chinesa está no pódio por mérito próprio, se este Mate 9 é um vislumbre do que a marca nos trará no futuro, a concorrência deveria estar (muito) preocupada.

 

Preço e Disponibilidade

  • O Huawei Mate 9 está disponível nas versões Black, Space Gray, Moonlight Silver, Champagne Gold, Mocha Brown e Ceramic White
  • O modelo exclusivo Huawei Mate 9 Porsche Design está disponível na versão Graphite Black por €1395
  • O Huawei Mate 9 4G+ 64 GB estará disponível em Portugal já no final de Novembro a um preço recomendado de venda ao público de 699€.

Huawei Mate 9 Design e Construção

O Huawei Mate 9 é tal como seus antecessores um phablet de dimensões generosas que o transforma numa excelente máquina de trabalho, onde é possível realizar todo o tipo de tarefas de forma confortável e eficiente. O Huawei Mate 9 tem 156.9 x 78.9 x 7.9 mm de dimensões o que o torna um equipamento surpreendentemente elegante.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image

Tendo em conta que estamos a falar de um equipamento com ecrã de 5,9” , surpreendente também é o peso de apenas 190g. Para um equipamento destas dimensões e com uma bateria de 4000 mAh.

 

No papel parece muito bem , nas mãos é ainda melhor

A traseira de alumínio escovado do Mate 9 é lisa e escorregadia, para utilizadores com mãos pequenas é aconselhada a utilização de uma capa que permita um grip mais seguro.

 

No topo da traseira do equipamento encontramos a câmara dupla da Leica, sendo um dos sensores de 20 megapixels monocromático e um outro de 12MP RGB. As câmaras ao contrário de modelos anteriores como P9 e Honor 8, estão na vertical, ladeadas pelo Flash dual-LED (dual tone) e logo abaixo o sensor de impressão digital, que como já estamos habituados no que toca a equipamentos Huawei, funciona na perfeição e com uma taxa de eficácia de 99%. O sensor de impressão digital também permite alguns gestos para controlar o equipamento, como swipe para mostrar o painel de notificação, atender chamadas e navegar na galeria.

#huawei #mate9 #oo análise em breve no #androidgeek #instatech #instablog

Uma foto publicada por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a

O Huawei Mate 9 tem na realidade um design muito semelhante ao Huawei Mate 8 com ligeiras mas importantes alterações, como por exemplo a porta USB-C que se encontra na parte inferior do dispositivo e as grelhas do altifalante. O topo tem apenas o conector de áudio e uma fantástica porta de IR (que felicidade!).

No lado direito temos o botão de energia e as teclas de volume.

 

Na lateral esquerda encontramos a gaveta SIM. A versão do Mate 9 que testamos é dual SIM. É ainda possível adicionar um cartão microSD no segundo slot para expandir a memória até 256GB de armazenamento.

 

Huawei Mate 9 Ecrã

A EMUI 5.0 permite ajustar a temperatura de cor do ecrã e ajustar a gosto. E apesar de em alguns pontos ficar atrás dos ecrãs AMOLED , também é verdade que em termos de luminosidade , temperatura de cor e outros parâmetros este ecrã é imbatível.

 

Huawei Mate 9 Software EMUI 5.0

Tal como a maioria dos fabricantes de topo, a Huawei tem a sua própria Skin personalizada sobre o Android. Como em tudo, há quem adore e quem deteste, a versão 5.0 da Emotion UI vai certamente pender a balança para o lado dos que adoram este interface. A versão 5.0 traz fortes alterações visuais, sendo mais notória uma aposta em tons brancos e azul, estas alterações dão-lhe um aspecto colorido mas leve. Sem dúvida mais ao gosto ocidental que os dourados e prateados que marcavam as versões anteriores.

 

Nas definições rápidas, apercebemo-nos logo das novidades pois a agregação de notificações e a capacidade de respondermos a mensagens a partir dali era algo ainda não visto neste interface, temos ainda a disponibilidade de aceder às definições mais complexas com um toque demorado em cada definição rápida.

A gaveta de aplicações está de volta! Yeah!

Uma das queixas mais recorrentes de quem usa pela primeira vez um equipamento com EMUI é a ausência de gaveta de aplicações, pois bem, a versão 5.0 traz de volta a possibilidade de o utilizador habilitar este recurso sem ter que recorrer a software de terceiros. Esta é uma novidade que nos traz um sorriso aos lábios, isso é certo.

 

A divisão de ecrã é outra das funcionalidades presentes na EMUI 5.0, ainda que nem todas as aplicações permitam a sua utilização. Para que as aplicações permitam ser usadas em ecrã dividido é necessário que o programador tenha acautelado este aspecto.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image
Certamente de futuro a maioria das aplicações possibilitará esta funcionalidade pois esta é a forma mais prática de fazer MutiTasking nos nossos equipamentos.

Debaixo do capô

Aqui entramos nos aspectos onde o interface e software do Huawei Mate 9 se distinguem realmente de tudo o que tínhamos visto anteriormente.

A Huawei implementou um algoritmo de machine learning que faz uma gestão inteligente dos recursos, analisando o perfil de utilização do equipamento e usando esta informação para dar prioridade às aplicações mais usados por nós. Aliado a isto temos um sistema de desfragmentação em tempo real que promete manter o nosso equipamento com a velocidade de origem por muito e bom tempo.

Já iremos falar da excelente autonomia do Huawei Mate 9, mas antes de lá chegarmos, é importante referir que um dos factores do sucesso da bateria deste terminal é uma gestão da bateria eficaz , que agora permite entre outras coisas definir que apps podem ou não continuar a funcionar após o ecrã em desligar e também reduzir a resolução do ecrã para poupar energia.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image

Clonar Aplicações

Assim de repente isto parece algo ilegal ou pelo menos desnecessário, mas é totalmente o inverso. Para quem tenha mais que uma conta de Facebook ou Whatsapp, agora é possível correr no mesmo equipamento, no mesmo perfil de utilizador duas instâncias da mesma aplicação, ou seja terem duas contas no vosso equipamento. Ex: Trabalho e Pessoal.

Huawei Mate 9 Câmara

Após o sucesso incrível do Huawei P9, o Huawei Mate 9 traz-nos a segunda geração de dupla-câmara em parceria com a Leica. A Huawei e a Leica continuam a melhorar o desempenho ótico do módulo da câmara, que incluí, agora, sensor RGB F2.2/12-megapixéis, sensor monocromático F2.2/20-megapíxeis, que otimiza os algoritmos de fusão da imagem que trabalham em conjunto para produzir imagens simplesmente magníficas.

#huawei #leica #oo #huaweimate9 #instatech #instablogger #techblogger #androidgeek #techblog #instablog

Uma foto publicada por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a

#instatech #techblogger #androidgeek #techblog #instablog #instablogger #leica #oo #mate9 #astepahead

Uma foto publicada por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a

O sensor RGB permite capturar imagens com cores realistas e com o icónico “olhar Leica”, enquanto o sensor monocromático capta os detalhes mais complexos. Quando combinados com Optical Image Stabilization (OIS) e com a primeira dupla-câmara no mercado com tecnologia pixel binning, proporcionam ao Huawei Mate 9 uma captura de imagem superior em modo noturno.

 

O Kirin 960 foi desenhado especificamente para suportar a segunda geração de dupla-câmara Leica para o Huawei Mate 9, com Hybrid Zoom. O 4-1 Hybrid Auto-focus inclui foco laser, foco deteção de fase, profundidade de foco e contraste de foco.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image

Por esta introdução fica claro que a câmera do Huawei Mate 9 é simplesmente das melhores que podemos ter num smartphone, as cores são reais, a clareza é boa e a focagem é rápida. O modo monocromático com a lente de 20MP produziu imagens com detalhes finos e grande contraste.

O modo de abertura ampla tem o potencial de ser muito útil, especialmente se aspiram a tirar fotos algo artísticas. Este modo permite alterar o ponto focal de uma imagem depois de ter sido tirada, e funciona na perfeição. Basta ir à Galeria, escolher uma foto que foi tirada com o modo de abertura ampla ativado e tocar num ponto dela para alterar o foco.

É possível combinar isso com uma infinidade de modos de filtro: um para a pintura leve, um para carimbar imagens com uma marca d’água e configurações Pro que permitem alterar parâmetros como velocidade do obturador e ISO. Com tudo isto disponível qualquer um se torna um fotógrafo profissional (quase). A câmara traseira pode ainda filmar vídeo 4K.

Relativamente à câmara frontal, não há muito a dizer, temos  8MP que é o padrão. Estão disponíveis alguns filtros para a câmara frontal, incluindo um modo de beleza que suaviza a pele, ilumina a imagem e, aparentemente, torna os olhos um pouco maiores.

Performance

A performance deste terminal é excepcional, muito devido a uma das novidades mais interessantes neste Huawei Mate 9 que é o seu novo super processador Kirin 960. O Kirin 960 foi construído para dominar e irá com toda a certeza satisfazer até os utilizadores mais exigentes, estamos a falar de um CPU a oito núcleos com uma poderosa placa gráfica ARM Mali-G71 que permite um desempenho duas vezes superior à MALI-T880 MP12 presente nos Galaxy S7 da Samsung.

 

A Huawei usa neste seu novo Kirin 960 o novo núcleo ARM Cortex-A73 que nunca foi antes usado num smartphone. Esta tecnologia permite equilibrar e gerir a energia do dispositivo de uma forma nunca antes vista. Os já conhecidos núcleos ARM CORTEZ-A53 também estão presentes neste Kirin 960.
Por meio da novíssima arquitectura ARM Bifrost, conteúdos em 4K e experiências de realidade aumentada não serão um desafio para este Huawei Mate 9.

Análise Huawei Mate 9 : Performance e Elegância image

Os componentes internos do Mate 9 são ligeiramente melhores do que os do muito bem sucedido Huawei P9. Estamos a falar do SoC Kirin 960 da Huawei, que é dos melhores processadores que já vimos, e enfrenta sem dificuldade os processadores da Qualcomm e da Apple. Ele tem quatro núcleos ARM Cortex A73 CPU e quatro núcleos Cortex A53, uma GPU Mali-G71, 64GB de armazenamento (que pode ser expandido com um cartão microSD) e 4GB de RAM.

Como podem ver as especificações do Huawei Mate 9 são no mínimo impressionantes. Ao efectuarmos os tradicionais testes de Benchmark, vemos este equipamento superiorizar-se em alguns aspectos a equipamentos emblemáticos como o Galaxy S7 Edge e Galaxy Note7 e isto não é surpresa nenhuma.

Muito mais importante do que qualquer teste de Benchmark é a experiência de utilização, e neste aspecto qualquer utilizador de um Huawei Mate 9 vai ter das melhores experiências possíveis num smartphone.

Huawei Mate 9 Especificações

  • Ecrã IPS 2.5D de 5,9 polegadas com resolução FullHD (1920×1080) e 373ppi
  • Kirin 960 – octa core com 4x cortex A73 + 4x Cortex A53
  • GPU Mali G71
  • 4GB LPDDR4 de RAM
  • 64GB de Armazenamento interno, expansível via Cartão MicroSD
  • Duplo sensor traseiro certificado pela Leica: Sensor RGB de 12MPx e sensor monocromático de 20MPx com abertura f/2.2.
  • Câmara Frontal de 8MPx com abertura f/1.9
  • Suporte ao Google Daydream VR
  • Bateria de 4000mAh com tecnologia de carregamento rápido em que 30 minutos na tomada carrega 58% da bateria
  • DUAL SIM
  • Android 7.0 Nougat com o EMUI 5.0

#huawei #huaweimate9 #instatech #instablogger #androidgeek #oo #astepahead #androidgeek

Um vídeo publicado por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a


Se a vossa preocupação na escolha de um terminal é a performance, este Huawei Mate 9 é um monstro que irá suportar tudo o que lhe puserem como desafio.

Huawei Mate 9 Autonomia

A autonomia deste Mate 9 é impressionante e a tecnologia revolucionária SuperCharge, garante uma autonomia de bateria de 24h com um carregamento de apenas 20 minutos.

O Huawei Mate 9 combina uma bateria de alta densidade, 4000 mAh, com a nova tecnologia SuperCharge, assegurando uma autonomia muito superior ao que já vimos em qualquer outro terminal. A tecnologia de poupança de bateria do novo dispositivo da Huawei permite uma durabilidade até dois dias, o que significa um aumento até 40% de tempo de chamada CDMA e 20% de maior capacidade para gaming.
A tecnologia SuperCharge suporta níveis de carregamento rápido 5A, uma melhoria de 50% face ao modelo anterior. 10 minutos de carregamento dão energia suficiente para assistir a dois filmes inteiros. Mais importante ainda, a bateria está equipada com as configurações padrão de segurança do sector, incluindo proteção Super Safe 5-gate, que garante uma voltagem em tempo real e monitorização da corrente e temperatura para eliminar falhas de segurança e salvaguardar a duração da bateria.

A autonomia do Huawei Mate 9 é superior a qualquer outro Flagship que já testámos.

Huawei Mate 9 Extras

No topo está situado um microfone e um sensor infravermelho para controlo remoto. Sim, leram bem. Este Huawei Mate 9 traz um sensor de infravermelhos, algo que é cada vez mais raro nos smartphones actuais e que é extremamente útil para que possam controlar quase todos os vossos equipamentos em casa sem recorrer a comandos remotos que por vezes parecem ter vida própria.

Consegui com sucesso controlar a Box da MEO assim como televisões de várias marcas mas é possível configurar uma panóplia de equipamentos desde sistemas de som e ar condicionado.

Huawei Mate 9 Conclusões

O Huawei Mate 9 é um equipamento extraordinário, e isto não nos surpreende nem um pouco, nem a ninguém que tenha tido a oportunidade de experimentar os recentes equipamentos desta gigante chinesa. O seu ecrã grande e excelente performance tornam-no no candidato ideal para aqueles que usam os seus equipamentos móveis como ferramentas de trabalho. Para além destes predicados o Huawei Mate 9 tem uma autonomia incomparável no seu segmento, tem uma câmara dupla da Leica que permite resultados de grande qualidade. Por fim os pormenores que não vemos , mas que se encontram debaixo do capô acrescentam uma gestão de energia eficiente com o inovador algoritmo de machine learning da Huawei. 

Pontos FortesPontos Fracos
  • Excelente desempenho geral.
  • Sensor de impressão digital rápido e eficaz.
  • Longa duração de bateria.
  • O software nativo da Huawei oferece muitas maneiras de otimizar manualmente o desempenho do aparelho.
  • Câmara de alta qualidade Leica
  • Algoritmo de machine Learning assegura o desempenho quando e onde precisamos dele.
O tamanho do terminal pode gerar desconforto na utilização para alguns utilizadores.

 

 

Preço e Disponibilidade

  • O Huawei Mate 9 está disponível nas versões Black, Space Gray, Moonlight Silver, Champagne Gold, Mocha Brown e Ceramic White
  • O modelo exclusivo Huawei Mate 9 Porsche Design está disponível na versão Graphite Black por €1395
  • O Huawei Mate 9 4G+ 64 GB estará disponível em Portugal já no final de Novembro a um preço recomendado de venda ao público de 699€.
Nota Editorial: Porque não usamos um sistema métrico nas nossas análises?
A utilização de um smartphone é uma experiência pessoal, e tentamos de forma clara transmitir a nossa experiência com os equipamentos avaliando aspectos quantitativos e qualitativos.
Usar um sistema de avaliação que atribua uma nota ou numero de estrelas a um equipamento irá inevitavelmente ser confuso para o leitor ou injusto para os equipamentos ou ambos.
Um topo de gama do ano corrente poderá merecer uma nota perto da máxima, enquanto um equipamento de gama média que se destaque pode também merecer uma nota alta no seu segmento. Para evitar a confusão do leitor ter que avaliar a que gama pertence o equipamento o preço a que foi lançado e a data da análise, optámos por excluir a atribuição de notas aos equipamentos.
Se não concordam, façam-nos chegar a vossa opinião para [email protected] ou através do formulário de contacto no canto inferior direito do site.
.
3 Comentários
  1. Fernando Fonseca Diz

    Numa só palavra; Adoro-o!!!!

Comentários estão fechados.