Samsung irá alegadamente duplicar a produção de tablets em 2022

Os utilizadores não viram necessidade de atualizar para um novo tablet de dois em dois anos, devido à falta de novos avanços significativos. E com os ecrãs dos smartphones a crescerem em tamanho, parecia haver menos procura para estes dispositivos.

A produção de tablets da Samsung irá alegadamente duplicar em 2022. Isto deve-se ao facto de o mercado de tablets ter tido alguns problemas antes de 2020 e portanto a fasquia é baixa. Os utilizadores não viram necessidade de atualizar para um novo tablet de dois em dois anos, devido à falta de novos avanços significativos. E com os ecrãs dos smartphones a crescerem em tamanho, parecia haver menos procura para estes dispositivos. Mas, com o passar do tempo, veio a pandemia e aqueles que de repente se viram a trabalhar a partir de casa começaram a comprar tablets para os ajudar no seu trabalho. As crianças que foram educadas a partir de casa por causa da pandemia precisavam de um tablet para as ajudar.

A Samsung irá aumentar a produção de tablets em 6% no próximo ano

Assim, tanto adultos como crianças necessitaram de novos tablets para os ajudar a manter alguma aparência de normalidade. E, no final do dia, ambos poderiam usar os seus tablets para se entreterem vendo filmes e jogando.

Durante o segundo trimestre fiscal de 2021, a Apple informou que as receitas do iPad subiram 79%, passando de 4,37 mil milhões de dólares para 7,81 mil milhões de dólares. E a Samsung também esteve muito ativa no mercado dos tablets. Isto irá continuar no próximo ano, esperando-se que a empresa aumente a produção de dispositivos Galaxy Tab em 6% segundo o TheElec.

A Samsung espera enviar 34 milhões de dispositivos Galaxy Tab no próximo ano, o que seria uma subida de 6% em relação aos números deste ano. Isto é o dobro do ganho de 3% nos envios do Galaxy Tab que a Samsung registou para 2021 comparando com 2020. Este ano, o fabricante prevê 32 milhões de Galaxy Tab em comparação com 31 milhões no ano anterior.

Samsung irá alegadamente duplicar a produção de tablets em 2022 1

O relatório acrescenta que a Samsung irá produzir 400.000 unidades do Galaxy Tab S8 Ultra, 900.000 Galaxy Tab S8+, e 1,2 milhões de tablets Galaxy Tab S8 a partir do primeiro trimestre do próximo ano. A partir do primeiro trimestre, a Samsung iniciará a produção de 11 milhões de modelos Galaxy Tab A8 e o mesmo número de Galaxy Tab A7 Lite.

A partir do terceiro trimestre de 2022, serão fabricadas 1,6 milhões de unidades do Galaxy Tab S8 Lite. Parece que quanto mais caro for o modelo, menor será o número de unidades a sair da linha de montagem. O The Elec diz que em 2022, mais de 60% da produção do Galaxy Tab incluirá as tablets da série Galaxy A de gama baixa e média. Para poupar nos custos de desenvolvimento, a série Galaxy Tab A é produzida utilizando um Fabricante de Desenvolvimento Conjunto (JDM). Isto permite à Samsung trabalhar com terceiros na concepção e na aquisição de peças.

Samsung irá alegadamente duplicar a produção de tablets em 2022 2

A decisão da Samsung de aumentar a produção de tablets em 6% no próximo ano pode ter sido uma feliz coincidência para a empresa com a notícia de que foi descoberta uma nova variante do coronavírus Omicron. Se esta variante for tão contagiosa como se teme, poderemos ver empresas a manter os trabalhadores em casa mais tempo do que o esperado, com algumas das que se espera que voltem em breve para o escritório, agora presos em casa.

A Samsung fará 19 milhões de smartwatches e 23 milhões de earbuds no próximo ano.

Os últimos dados compilados pela Canalys mostram ainda que, no terceiro trimestre de 2021, a Samsung registou um declínio de 20,2% nos seus envios mundiais de tablets de 9,03 milhões para 7,21 milhões. A empresa controlou 19,1% do mercado mundial de tablets durante o trimestre, ficand em segundo lugar apenas atrás da Apple e à sua fatia de 40,4% da quota global de tablets , de Julho a Setembro.

Samsung irá alegadamente duplicar a produção de tablets em 2022 3

TheElec acrescenta que a Samsung irá fabricar 4,8 milhões de unidades do seu Galaxy Watch 5 durante o terceiro e quarto trimestres de 2022. Este ano, a Samsung abandonou a utilização do seu sistema operativo Tizen para o Galaxy Watch 4 e Galaxy Watch 4 Classic e substituiu-o pelo Wear OS. Globalmente, espera-se que a empresa faça 19 milhões de unidades de smartwatch no próximo ano.

A Samsung deverá produzir 23 milhões de Earbuds no próximo ano, que incluirão 3,1 milhões de Galaxy Buds Pro2 (a serem construídos durante o segundo a quarto trimestres de 2022) e 3,3 milhões de Galaxy Buds Live 2 (a serem construídos durante o terceiro e quarto trimestres de 2022).

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!