Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung vendeu mais de 6,7 milhões de telefones 5G em 2019

Se tivéssemos que definir a linha Note em uma única palavra esta seria sem dúvida "Produtividade".

Com mais de 6,7 milhões de smartphones vendidos, a Samsung assegurou cerca de 54% do mercado mundial total (conforme dados de janeiro a novembro de 2019 da Counterpoint Research). O primeiro smartphone 5G da Samsung, o Galaxy S10 5G, chegou no início de 2019.

A Samsung dominou o mercado 5G em 2019, e vendeu o maior número de smartphones de qualquer marca com conectividade 5G.

Com mais de 6,7 milhões de smartphones vendidos, a Samsung assegurou cerca de 54% do mercado mundial total (conforme dados de janeiro a novembro de 2019 da Counterpoint Research).

O primeiro smartphone 5G da Samsung, o Galaxy S10 5G, chegou no início de 2019. Foi seguido pelo Galaxy Note10 5G e Nota10 + 5G no outono e, finalmente, o recém-lançado Galaxy A90 5G e Galaxy Fold 5G.

A Samsung também estreou o primeiro tablet com capacidade para 5G do mundo, o Galaxy Tab S6 5G, no primeiro trimestre de 2020.

Samsung enviou mais de 6,7 milhões de dispositivos 5G em 2019

De acordo com uma informação IHS Markit, a Samsung é a empresa com a maior participação de mercado em smartphones 5G. A IHS afirma que, no terceiro trimestre de 2019, a Samsung dominou o mercado de smartphones 5G com 74% de todos os smartphones 5G.

Samsung vendeu mais de 6,7 milhões de telefones 5G em 2019 1

Segundo os seus números, a Samsung conseguiu vender 3,2 milhões de smartphones 5G dos 4,3 milhões de smartphones 5G no mercado global. Isso representa um salto importante em relação ao trimestre anterior, quando a Samsung vendeu apenas 1,5 milhão de unidades.

A Samsung possui cinco modelos 5G no seu catálogo, mais do que qualquer outro fabricante. Aparentemente, o Samsung Galaxy Note 10 5G foi o modelo que mais contribuiu para esses números, pois vendeu cerca de 1,6 milhões de unidades.

Se virmos os resultados dos restantes intervenientes no mercado 5G, as remessas dos fabricantes chineses Xiaomi, Huawei, Vivo, Oppo e ZTE representaram 17% do total de remessas 5G. Com 700.000 unidades no segundo e terceiro trimestres.

OEMs chineses apostam na implementação doméstica de 5G

Embora os OEMs chineses respondam por mais de metade do mercado global de smartphones. A sua participação nos smartphones 5G totalizou apenas 17% no terceiro trimestre. Essa pequena participação deve-se ao facto de os modelos 5G fabricados na China serem enviados principalmente para mercados estrangeiros. Onde a maioria dos smartphones que esses OEMs vendem são dispositivos de médio e baixo custo.

"Os OEMs chineses não têm o mesmo nível de reconhecimento que as marcas FlagShip,nas quais os consumidores acreditam que podem confiar para serem fornecedores de dispositivos 5G de primeira geração. A Oppo, por exemplo, faz uso do seu smartphone 5G como um produto de construção de marca para expandir as vendas na Europa ”, de acordo com IHS.

À medida que os serviços 5G na China começam a ser implementados, as remessas de smartphones 5G de OEMs chineses começarão a aumentar significativamente. Além disso, a Samsung não faz parte do mercado chinês de smartphones, eliminando um concorrente essencial para as marcas domésticas.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais