Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable

A Xiaomi conquistou 17,1% do mercado global durante o mês, seguido pela Samsung com uma fatia de 15,7% do bolo mundial de smartphones.

Durante o mês de junho, o pódio dos maiores fabricantes foi a 1° Xiaomi, 2°Samsung, 3° Apple. A Xiaomi conquistou 17,1% do mercado global durante o mês, seguido pela Samsung com uma fatia de 15,7% do bolo mundial de smartphones. A Apple ficou em terceiro lugar, com 14,3% do mercado.

A Mi Band 6 coloca a Xiaomi no topo do mercado de pulseiras Wearable

Como conseguiu a Xiaomi chegar ao topo do mundo? A guerra dos EUA contra a Huawei é uma das razões; A Huawei poderia ter sido facilmente o fornecedor número um de smartphones no mundo, se a fabricante chinesa não tivesse sido considerada uma ameaça à segurança nacional nos Estados Unidos (sem qualquer prova) .

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 1 A Xiaomi também brilhou na Europa e tem usado sua abordagem de valorização para assumir o controlo na Índia.

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 2

A Xiaomi e Apple travaram uma batalha no topo do mercado de dispositivos Wearable durante o segundo trimestre. A Xiaomi não só está no topo do mercado de smartphones, mas agora também está no topo do mercado de Wearables graças ao lançamento da Mi Band 6 . De acordo com a Canalys, durante o segundo trimestre deste ano, a Xiaomi entregou oito milhões de dispositivos wearable (aumento de 2,6% ano a ano), que superou os 7,9 milhões enviados pela Apple (aumento de 29,4% numa base anual). A batalha pela participação de mercado foi renhida, já que os 19,6% da Xiaomi superaram os 19,3% da Apple. O terceiro lugar pertencia à sitiada Huawei. A empresa vendeu 3,7 milhões de unidades de dispositivos Wearable durante o período de abril a junho, o que representou uma queda enorme de 53,9% em relação ao segundo trimestre do ano anterior, deixando-a com uma participação de mercado de 9,2% abaixo dos 21% obtidos durante o segundo trimestre de 2020. A Fitbit, agora propriedade da Alphabet pai do Google, terminou em quarto lugar depois de enviar 3 milhões de pulseiras wearable durante o segundo trimestre para uma participação de mercado de 7,3%, um aumento de 20,6% ano a ano.

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 3

No geral, 40,9 milhões de unidades de pulseiras Wearable foram enviadas no trimestre. Isso foi 5,6% maior em comparação com o número entregue durante o segundo trimestre de 2020. A analista da Canalys, Cynthia Chen, disse: “A Xiaomi tomou uma atitude inteligente ao acelerar o lançamento da Mi Band 6, que é um dispositivo mais atraente do que o predecessor. O rápido lançamento da Xiaomi de também ajudou a empresa a aumentar as suas remessas de relógios de pulso em 1,3 milhões de unidades neste trimestre. “Ao olhar especificamente para as remessas de smartwatches, a Apple permanece no topo graças ao relógio mais popular do mundo, o Apple Watch. as mencionadas 7,9 milhões de unidades vendidas pela Apple durante o trimestre deram à gigante da tecnologia uma participação de 31,1% no mercado de smartwatch durante o segundo trimestre de 2021. Apesar das vendas do Apple Watch aumentarem 29,4% ano a ano, a participação de mercado da empresa diminuiu dos 33,1% registados durante o mesmo trimestre do ano passado.  A Huawei ficou em segundo lugar, depois de vender 2,3 milhões de relógios no trimestre, o suficiente para 9% do mercado. A Huawei perdeu mais da metade da sua participação de mercado no segundo trimestre de 2020, de 18,9%,

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 4

Apesar de as remessas caírem 33,9%. Com 1,9 milhão de relógios entregues de abril a junho, a Garmin ficou em terceiro lugar com uma fatia de 7,6% do bolo. A Samsung foi a seguinte, já que as suas remessas de relógios somaram 1,8 milhões, um aumento de 84,7% ano a ano, dando à Samsung 7% do mercado global de smartwatches.

O Apple Watch continua a ser o melhor smartwatch do mundo

A Xiaomi viu as suas remessas de smartwatches dispararem 272,6%, o que ajudou a ficar em quinto lugar nas tabelas globais de remessas de smartwatch, com 1,5 milhão de unidades entregues (em comparação com apenas 400.000 durante o mesmo trimestre do ano passado). Isso dá 5,7% do mercado mundial de smartwatches.

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 5

A Apple vendeu 7,9 milhões de unidades Apple Watch no segundo trimestre No geral, 25,4 milhões de smartphones foram vendidos durante o segundo trimestre deste ano, um aumento de 37,9% em relação aos 18,4 milhões vendidos durante o segundo trimestre de 2020.

Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable 6

O gestor de pesquisa da Canalys, Jason Low, disse: “Os fornecedores estão a tentar dar um grande salto de geração em tecnologias de smartwatch. Para se destacar, eles estão a melhorar os fundamentos, como experiência de utilizador e duração da bateria, e a criar as suas próprias IUs distintas e aproveitando os seus respectivos ecossistemas para casos de uso novos e exclusivos “. -o rastreio continua a ser o recurso número um para utilizadores de smartwatch. Ele diz que “A capacidade de entregar recursos de monitorização de saúde e oferecer aos utilizadores dados significativos e percepções de saúde relevantes ​​fará a diferença entre os vencedores e perdedores. ”

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!