Intel reforça laços com a TSMC para garantir chips de 3nm e evitar conflito com a Apple

Um relatório recente da DigiTimes informou que o conhecido fabricante de chips americano pretende garantir a avançada tecnologia de processo de 3nm do maior produtor de chips contratual do mundo.

A Intel parece estar a tentar reforçar os seus laços com a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC). A empresa espera alargar a sua colaboração com a TSMC de forma a garantir um fornecimento fiável de tecnologia de produção de chips 3nm, evitando também um conflito com a fabricante de iPhones.

Um relatório recente da DigiTimes informou que o conhecido fabricante de chips americano pretende garantir a avançada tecnologia de processo de 3nm do maior produtor de chips contratual do mundo. A Empresa de Fabrico de Semicondutores de Taiwan (TSMC), de acordo com uma informação anterior, já tinha iniciado a produção piloto da sua tecnologia de processo de 3nm, prevendo-se que a produção em massa da tecnologia comece algures no quarto trimestre do próximo ano. Por outras palavras, a Apple, fabricante baseada em Cupertino, provavelmente irá incorporar a tecnologia nos seus iPhones e computadores Mac em 2023.

 

Intel reforça laços com a TSMC para garantir chips de 3nm e evitar conflito com a Apple 1

A Team Blue está alegadamente a planear enviar executivos de alto nível para Taiwan e TSMC no final deste mês, a fim de fortalecer ainda mais a sua relação com a empresa. Durante a reunião, estes executivos irão discutir a tecnologia de processo de chips de 3nm, bem como a sua capacidade de produção. Além disso, a empresa poderia ter acesso a mais capacidade de processo de 3nm na TSMC como resultado da crescente relação. Esta relação mais próxima também ajudaria a evitar qualquer potencial conflito com a Apple, que é um dos clientes mais importantes da TSMC.

Vai gostar de saber:  Apple iPad Air 5 terá estas novidades

No seu estado atual de desenvolvimento, o mais recente chipset da Apple baseia-se no processo avançado de 5nm da TSMC, que é usado para alimentar várias das suas linhas de produtos, incluindo Macs, iPads e iPhones. Com a introdução da tecnologia 3nm, o fabricante de smartphones seria provavelmente o primeiro cliente a receber o primeiro lote de chips produzidos usando o processo de chip de ponta. Como resultado, a mudança da Intel não é surpresa, dado que o mundo já está a sentir uma escassez de semicondutores.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!