Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei revela Harmony Studio para criadores de aplicações e software

O fabricante chinês de tecnologia continua de forma independente e está comprometido com o desenvolvimento do Harmony Studio para fazer vingar o seu novo sistema operativo.

Em julho deste ano, a LetsGoDigital falou sobre um pedido de marca registada para o sistema operativo Harmony. Um mês depois, tornou-se mundialmente conhecido o Huawei Harmony OS . Até agora foram revelados dois produtos que executam o novo sistema operativo; a Honor Vision TV e os mais avançados Huawei Vision TV. Em segundo plano, o fabricante chinês está a trabalhar a toda velocidade no seu novo sistema operativo.

Huawei Harmony Studio

A Huawei Technologies tem o nome Harmony Studio arquivado no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). A marca registada foi oficializada na América do Sul a18 de setembro de 2019 e é classificada como Classe 9/42. Esta marca registada agora também foi incluída na base de dados EUIPO (Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia). Na parte inferior deste artigo, podem ver os documentos de origem.Harmony StudioUma descrição extensa foi incluída, distribuída por dois pedidos de marca registada. A classe 9 lista os mais diversos produtos que poderiam usar o Harmony OS. Pensem em smartphones, tablets, wearables, colunas inteligentes, routers, laptops, PCs, TVs inteligentes, carros e muito mais ... A classe 42 inclui o seguinte: programação de computadores; design de software; atualização de software; manutenção de software; recuperação de dados de computador; conversão de dados ou documentos de um meio físico para um meio eletrónico; Conceção de sistemas informáticos; criação e manutenção de sites para terceiros; excepto conversão física; consultoria de software; desenvolvimento de software de drivers e sistemas operativos; testes de software; controlo de programas de computador;

Devido à descrição tão detalhada, ainda não está claro exatamente o que será o Huawei Harmony Studio. Parece que a Huawei quer criar uma plataforma central para moldar ainda mais o Harmony, onde o conhecimento pode ser partilhado e o software pode ser desenvolvido, possivelmente também na forma de um estúdio de aplicações.

A Huawei está a passar á segunda fase da Operação Harmony OS com o Harmony Studio

Huawei Harmony Studio

A Huawei não tem tempo a perder, agora que o boicote americano já está a causar danos eo fabricante chinês não está a conseguir realizar transacções comerciais com os seus ex-parceiros comerciais dos EUA, onde se incluem Google, Intel e Qualcomm.

Foi neste cenário longe do ideal que o Huawei  Mate 30 foi apresentado na Europa, mas por enquanto ainda não está claro quando esses dispositivos serão lançados nas prateleiras do velho continente. Isto tem tudo a ver com a falta das chamadas Google Apps.

Para este ano, não é esperado nenhum smartphone Harmony, mas a empresa fará o possível para aumentar o portfólio de produtos Harmony em ritmo acelerado. Tudo começou com a introdução da TV Vision. Ao estabelecer a televisão como ponto focal central, pode ser criado um ecossistema coerente. É a primeira vez que a Huawei lança uma TV. É claro que concorrentes como Samsung, LG e Sony têm anos de experiência nesse setor, mas aparentemente o fabricante chinês ainda acredita que existam oportunidades suficientes para entrar no setor de TV.  Assim como a OnePlus.Aplicativos Huawei TV HarmonyOntem, o repórter Yasuhiro Yamane realizou uma entrevista para o site japonês ASCII com Kevin Ho, presidente da divisão de aparelhos do Huawei Consumer Business Group. Durante esta entrevista, o Sr. Ho. A Huawei está totalmente comprometida com o seu novo HMS (Huawei Mobile Services), esse ecossistema deve oferecer uma boa alternativa ao GMS (Google Mobile Services). "O HMS é um sistema aberto que pode ser usado independentemente dochipset, sistema operativo ou aplicação a ser usado", afirmou o alto executivo.

A empresa está ciente de que vai levar tempo para habituar os consumidores e empresas a essa transição. A verdadeira chave do sucesso, são é claro,  os programadores; estão a ser desenvolvidas aplicações interessantes que podem interessar ao utilizador? Essa é uma das razões pelas quais a Huawei decidiu ajudar os programadores de software investindo mil milhões de dólares no suporte aos programadores.

"O objetivo do Huawei Mobile Service é oferecer smartphones uteis, a colaboração com os programadores é mais essencial do que nunca", continuou o Sr. Ho.

Serviços móveis da Huawei

A Huawei já possui sua própria AppGallery, como alternativa à Google Play Store. Esta loja de aplicações agora é amplamente usada na China. No novo Mate 30, podem instalar populares aplicações como WhatsApp, Facebook e Instagram pela App Gallery. No entanto, para serviços importantes do Google, onde se incluem Gmail, YouTube e Google Maps, é menos fácil oferecer uma alternativa, e o mesmo se aplica à Google Play Store.

Se a empresa conseguir moldar esse sistema operativo corretamente, ele voltará mais forte e menos dependente do que nunca. Se essa missão complicada vai dar certo, isso vamos ver com o tempo.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais