Android Geek
O maior site de Android em Português

EUA querem bloquear fornecimento de Chipsets TSMC à Huawei

Depois de tentar de todas as formas possíveis difamar a Huawei e prejudicar os seus negócios, começa a sentir-ser um forte cheiro a desespero americano. Prova desse desespero, é o governo Trump estar a considerar um novo plano para criar dificuldades à Huawei De acordo com a Reuters, os EUA planeiam adicionar novos regulamentos à Huawei e barrar o fornecimento da maior fabricante de Chipsets do mundo – TSMC.

 

De acordo com a Reuters, os EUA planeiam adicionar novos regulamentos à Huawei e barrar o fornecimento da maior fabricante de Chipsets do mundo - TSMC. As novas restrições serão discutidas numa reunião de alto nível nos EUA nesta semana e na próxima.

É preciso entender que sendo a Huawei um dos principais clientes da TSMC, essa proposta não afetará apenas a Huawei, mas também será um duro golpe para a TSMC.

Em maio, o departamento de comércio dos EUA decidiu, sem quaisquer provas, colocar a Huawei na lista de entidades que são ameaças à segurança dos EUA (segurança social financeira só se for). A inclusão da Huawei nesta lista bloqueia o acesso às tecnologias americanas, onde se incluem semicondutores.

Após as restrições, a Huawei encontrou alternativas para a maioria das tecnologias dos EUA, o que tornou a proibição comercial dos EUA ineficaz e reduziu os seus nefastos efeitoa ao mínimo.

De acordo com os regulamentos actuais, as principais cadeias de fornecedores estrangeiras estão fora do alcance das autoridades dos EUA, levando a discussões entre agências sobre as possíveis mudanças em duas regras principais que poderiam expandir a autoridade dos EUA para bloquear mais remessas estrangeiras para a Huawei.

EUA querem mandar em empresas de outros países e impedi-los de negociar com a Huawei

As novas regras exigirão que empresas estrangeiras que usam as tecnologias de fabrico de Chipsets dos EUA tenham que ter aprovação (licença) dos EUA antes de vender componentes à Huawei. Atualmente, não está confirmado quando os EUA planeiam iniciar este regulamento.

Além disso, na semana passada, o governo dos EUA prorrogaram 45 dias a licença comercial da Huawei, que mostra que os EUA nunca estiveram preocupados com a segurança nacional, mas sim em pressionar economicamente a China.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais