Android Geek
O maior site de Android em Português

Analista prevê queda de 10% nas remessas de iPhone da Apple devido a surto de Coronavírus

Ming-Chi Kuo prevê uma redução de 10% nas remessas, para 36-40 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2020, apesar de garantias da Foxconn na semana passada de que a produção não será afetada (as peças da câmara do iPhone e outros componentes são fabricados na fábrica da Foxconn em Wuhan, o centro do surto). Não são apenas os modelos actuais que são afetados, o chamado iPhone 9 (também conhecido como SE 2) deveria ter iniciadoip produção este mês em preparação para o lançamento dr março.

Ming-Chi Kuo prevê uma redução de 10% nas remessas, para 36-40 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2020, apesar de garantias da Foxconn na semana passada de que a produção não será afetada (as peças da câmara do iPhone e outros componentes são fabricados na fábrica da Foxconn em Wuhan, o centro do surto). Não são apenas os modelos actuais que são afetados, o chamado iPhone 9 (também conhecido como SE 2) deveria ter iniciadoip produção este mês em preparação para o lançamento dr março.

A Apple registou um Q4 forte com o iPhone 11 a garantir a maior fatia de vendas globais, mas as perspectivas do primeiro trimestre da empresa foram afetadas devido ao surto de coronavírus, diz o analista Ming-Chi Kuo.

Ming-Chi Kuo prevê uma redução de 10% nas remessas, para 36-40 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2020, apesar de garantias da Foxconn na semana passada de que a produção não será afetada (as peças da câmara do iPhone e outros componentes são fabricados na fábrica da Foxconn em Wuhan, o centro do surto).

Não são apenas os modelos actuais que são afetados, o chamado iPhone 9 (também conhecido como SE 2) deveria ter iniciadoip produção este mês em preparação para o lançamento dr março. No entanto, agora parece que a disponibilidade inicial será limitada.

Acessórios da Apple como os AirPods podem ser afetados também.

Analista prevê queda de 10% nas remessas de iPhone da Apple devido a surto de CoronavírusAs lojas da Apple na China estão encerradas até ao final da semana por uma assumida " cautela". O mercado chinês como um todo caiu 50-60% ano após ano após a celebração do Ano Novo Chinês devido ao surto, segundo os números de Kuo.

Fonte

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais