Android Geek
O maior site de Android em Português

3 razões para comprar o Xiaomi Mi Mix 3

Afinal, a Mi MIX é aquela série de terminais nos quais a Xiaomi pode pensar em grande. Os smartphones estão todos muito parecidos e gostamos de valorizar este Xiaomi Mi MIX 3 pois  é o modelo mais original que vimos desde que a empresa chinesa revelou o primeiro conceito.

A Xiaomi apostou no Xiaomi Mi MIX 3 reafirmando o compromisso da empresa em inovar ao nível de design desta família Mi mais uma vez.

Afinal, a Mi MIX é aquela série de terminais nos quais a Xiaomi pode pensar em grande.

Os smartphones estão todos muito parecidos e gostamos de valorizar este Xiaomi Mi MIX 3 pois  é o modelo mais original que vimos desde que a empresa chinesa revelou o primeiro conceito. O conceito evoluiu e hoje temos 3 razões pelas quais vale a pena comprar este Xiaomi Mi MIX 3.

Os 3 pontos principais do Xiaomi Mi MIX 3

O ecrã cresceu e melhorou

Tradicionalmente, a família Mi MIX da Xiaomi tem sido caracterizada pela montagem de painéis IPS em vez de AMOLED, que, como já dissemos, oferecem um realismo maior nas cores em troca de uma menor saturação e vivacidade das cores, que é precisamente o que o segundo tipo de painel pressupõe.

Muitos dos fabricantes decidiram passar de ecrãs IPS para painéis AMOLED no high-end, e é precisamente isso que a Xiaomi decidiu este ano com a apresentação do seu Xiaomi Mi 8, e agora, este Xiaomi Mi MIX 3 que também integra um painel AMOLED, que cresceu cerca de 0,3 polegadas em relação ao seu antecessor.

Agora, o Xiaomi Mi MIX 3 tem um ecrã maior, num corpo não muito maior e que, por ser de tecnologia AMOLED, permitirá economizar bateria e ver algumas cores mais vivas que, embora seja algo menos natural, nos fará desfrutar de uma experiência multimedia muito boa.

O Xiaomi Mi MIX mais otimizado ao nível de design

Uma das grandes atrações do Xiaomi Mi MIX 3 é o ecrã, basta ver o terminal para perceber que as suas margens são mínimas, e isso deve-se a uma mudança no conceito. 

Primeiro, não encontraremos mais a câmara frontal na margen inferior, que é onde estava em todos os seus antecessores,  ela aparecerá deslizando manualmente o mecanismo que a suporta. Com isso, a Xiaomi eliminou um dos aspectos mais criticados do MIX, já que, até agora, para tirar uma selfie tinhamos que virar o terminal para ter a câmara no topo.

O Xiaomi Mi MIX 3 incorporou este mecanismo que promete uma vida útil de 300.000 slides e graças ao qual a frente do terminal ganha proporções incríveis, como acontece em outros smartphones como Oppo Find X. Além disso, este novo terminal aproveita 93,8% da frente com o ecrã, incrível.

O mesmo poder e melhorias na câmara em comparação com o seu antecessor

Finalmente, outra das virtudes do Xiaomi Mi MIX 3 é ter um hardware incrível, começando com o seu Qualcomm Snapdragon 845 e os 6 GB de RAM que o acompanham, que oferecem uma experiência brutal em qualquer situação na qual colocamos o terminal.

Seja em jogos ou com uso intensivo, o Xiaomi Mi Mix 3 permite ótimos resultados. No entanto, queremos ver o desempenho da bateria, já que a Xiaomi decidiu tirar 200 mAh em relação aos 3.400 mAh que o Xiaomi Mi MIX 2S possui. Embora, talvez, por ter um ecrã AMOLED, esse corte não seja muito perceptível.

A melhoria na câmara frontal é mais do que notável. A câmara frontal do Xiaomi Mi MIX sempre foi o ponto mais fraco desta família, e agora a Xiaomi colocou todo o seu engenho para nos oferecer uma melhor experiência com este recurso, incorporando um sensor duplo de 24 megapixels e 2 megapixels, em contraste com os 5 megapixels do único sensor que montou no predecessor deste dispositivo. Um salto qualitativo e quantitativo que melhorará em muito a experiência fotográfica.