ZTE quer voltar em grande e tem uma arma secreta

Este modelo é um daqueles que foi projetado para competir com modelos estabelecidos, como o OPPO Find X3 ou o Galaxy S21.

A ZTE anunciou a chegada à Europa do seu novo FlagShip, o ZTE Axon 30 Ultra, estará disponível em Espanha, pelo que esperamos que seja possível adquirir via Amazon. Este modelo é um daqueles que foi projetado para competir com modelos estabelecidos, como o OPPO Find X3 ou o Galaxy S21. No papel, este equipamento apresenta muitas das características, quase todas na verdade, que pedimos de um topo de gama premium, mas a um preço que parece até abaixo do topo de gama convencional. A ZTE tem um high-end ao nível da gama premium

ZTE quer voltar em grande e tem uma arma secreta 1

Nos últimos anos, vimos como as marcas deixaram claro que os seus catálogos não se esgotam nas linhas de alta qualidade. Temos smartphones de nível básico, que no passado eram chamados de smartphones de gama média, que atendem à maioria das necessidades e utilizadores, smartphones de gama alta, com um preço á volta de 800 ou 900 euros, e a gama premium ou ultra alta, cujos preços são geralmente de quatro dígitos. Em todas essas categorias há exceções, smartphones que apostam numa abordagem em detrimento de outra, etc. No entanto, até agora não vimos um compromisso tão forte de uma marca em pedir o preço de um high-end, ou algo mais baixo, e oferecer algo mais parecido com o premium.

O ZTE Axon 30 Ultra tem dois preços, e ambos fazem sentido.

ZTE quer voltar em grande e tem uma arma secreta 2

Quando a ZTE anunciou que haverá duas variantes, também confirmou os seus preços. O modelo mais modesto terá 8 GB de RAM e 128 GB de memória interna, e custará 749 euros. Para efeito de comparação, o Samsung Galaxy S21 com essa configuração custa 859 euros. O OPPO Find X3 Neo custa 819, embora para ter 12 GB de RAM e 256 GB de memória interna teremos que optar pelo Modelo de 16GB e 256GB da ZTE, que custa 849 euros. O Xiaomi Mi 11 custa 799 na sua variante de 8 e 256 GB, um intermédio entre as duas versões do ZTE. O OnePlus 9 é o único que tem um preço inferior a 709 euros, embora haja outros sacrifícios. Como Podem ver, a faixa de preço na qual o ZTE Axon 30 Ultra se posiciona é a dos modelos FlagShip, mas oferece alguns recursos superiores.

Relacionado:  Samsung deverá enviar 7.2 milhões de equipamentos dobráveis em 2021

Display e layout

ZTE quer voltar em grande e tem uma arma secreta 3

Este terminal promete destacar-se em dois aspectos. Por um lado, temos um ecrã com uma taxa de atualização de 144 Hz, algo que só vimos até agora em smartphones para jogos. Sim, é verdade que o painel é FHD e não QHD, mas também é verdade para todos os modelos mencionados acima com exceção do Mi 11. E sim, poderíamos comparar o Mi 11i, mas os seus acabamentos não estão à altura do resto. E essa é outra questão. Tanto o Samsung quanto o OnePlus usam corpos de plástico e apenas OPPO e Xiaomi oferecem acabamentos semelhantes ao ZTE.

Uma câmara de outro nível

ZTE quer voltar em grande e tem uma arma secreta 4

Onde vemos as maiores diferenças é no sistema de câmaras. A ZTE optou por uma configuração que lembra o Vivo X51 pelo seu duplo zoom óptico, ou o Samsung Galaxy S21 Ultra, embora não tenha tanto alcance de zoom. Não há smartphone com tanta potência, memória e versatilidade fotográfica no mercado hoje. Todas estas conclusões são baseadas no que vemos no papel, como já dissemos, porque até que possamos prová-lo não podemos confirmar se a ZTE chegou finalmente a patamar de ser melhor opção que as marcas ditas convencionais.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!