Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi patenteia smartphone com ecrã flexível deslizante

O dispositivo possui um mecanismo deslizante incluído no seu ecrã flexível, que envolve o corpo de aparelho. Os telefones deslizantes tradicionais geralmente têm dois corpos que estão unidos, um deslizando para cima para revelar uma câmara ou outro mecanismo.

A Xiaomi patenteou recentemente um novo smartphone com um design muito original. O dispositivo possui um mecanismo deslizante incluído no seu ecrã flexível, que envolve o corpo de aparelho.

Xiaomi

Os telefones deslizantes tradicionais geralmente têm dois corpos que estão unidos, um deslizando para cima para revelar uma câmara ou outro mecanismo. No entanto, neste caso, o gigante chinês de tecnologia construiu um dispositivo deslizante com apenas um único corpo, mas embutiu o mecanismo deslizante no próprio ecrã flexível. Analisando a imagem fornecida, o ecrã do smartphone patenteado cobre a frente e apenas 3/4 da parte traseira que envolve o dispositivo por baixo. Vimos isto pela primeira vez através da WindowsUnited, com a patente encontrada na base de dados da  IncoPat.

Assim, quando o ecrã flexível desliza para baixo para revelar as câmaras frontais e outros sensores, o ecrã na parte traseira sobe. Para simplificar, o ecrã é a única parte que se move devido a um mecanismo deslizante, o que é possível devido ao própria ecrã ser flexível e cobrir as partes frontal e traseira. Isso faz com que se destaque de todos os outros telefones deslizantes disponíveis no mercado Neste momento.

Xiaomi

Infelizmente, detalhes mais pormenorizados sobre este dispositivo único são atualmente desconhecidos. Também não está claro se a Xiaomi está realmente a trabalhar neste dispositivo ou se está apenas a cobrir todas as possibilidades. No entanto, este é um protótipo nunca antes visto de um ecrã flexível e mecanismo deslizante, o que mostra que a inovação é uma das prioridades da Xiaomi.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!