Android Geek
O maior site de Android em Português

Vivo patenteia telefone com ecrã inferior rotativo

Na vanguarda desta era estava o antigo rei dos smartphones, a mítica Nokia. Não era incomum ver um telefone que pudesse ser dobrado,  ou torcido em diferentes formas.

Houve uma época em que os fabricantes de telefones eram mais criativos com os designs dos telefones. Na vanguarda desta era estava o antigo rei dos smartphones, a mítica Nokia. Não era incomum ver um telefone que pudesse ser dobrado,  ou torcido em diferentes formas.

Agora, podemos estar perante uma visão moderna de um desses designs antigos cortesia da empresa chinesa Vivo.

Alguém se lembra do Nokia 5700 XpressMusic com a metade inferior rotativa que permitia girar o teclado para trás, para que que pudessemos usar os controlos dedicados de reprodução do telefones, ou apontar a câmara montada na lateral enquanto olhamos para o ecrã?

Nokia 5700 XpressMusic
Nokia 5700 XpressMusic

Agora Imaginem um telefone moderno com ecrã enorme com um conceito semelhante e temos uma ideia do que a Vivo acabou de patentear.

Telefone de patentes da Vivo com tela rotativa

Mencionado pela primeira vez pelo utilizador do Twitter @the_tech_guy, o diagrama de patentes mostra um telefone com um design de ecrã cheio com uma parte inferior que pode ser girada 180 °.

Com base no diagrama, o telefone parece ser composto por dois ecrãs diferentes - uma parte maior e a parte inferior rotativa.

ESCOLHA DO EDITOR: O primeiro carregamento rápido de 120W do mundo apresentado pela iQOO; o primeiro telefone com essa tecnologia pode ser anunciado em agosto

Os diagramas mostram que o ecrã inferior pode ser usado mesmo quando girado para trás. numa das imagens, vemos um teclado QWERTY no ecrã e em outra, vemos que podemos rabiscar no ecrã.

Outro caso de uso em que podemos pensar é no ecrã a exibir notificações ou como um visor para as câmaras traseiras quando o utilizador deseja tirar uma selfie.

As imagens também mostram que o telefone tem um furo na parte superior central do ecrã e também inclui três câmaras traseiras dispostas horizontalmente. Não há um scanner de impressão digital visível, o que significa que provavelmente possui um sensor no ecrã.

A patente não é uma confirmação de que esse dispositivo estará disponível em breve. É provável que a Vivo não consiga executar o design para um produto CL comercial com os padrões de tecnologia actuais e, mesmo que consiga, precisará levar em consideração fatores como durabilidade e custo de fabrico.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!