Android Geek
O maior site de Android em Português

TicWatch Pro 3 é um dos primeiros wearables com o Qualcomm Snapdragon Wear 4100

Depois de lançar o muito barato TicWatch GTX, a Mobvoi está de volta com um smartwatch muito mais caro, que também é um dos primeiros a apresentar a plataforma Snapdragon Wear 4100 da Qualcomm, o TicWatch Pro 3. O smartwatch possui tecnologia de ecrã 2.

A Mobvoi apoiada pelo Google lança novos smartwatches como se não houvesse amanhã. Depois de lançar o muito barato TicWatch GTX, a Mobvoi está de volta com um smartwatch muito mais caro, que também é um dos primeiros a apresentar a plataforma Snapdragon Wear 4100 da Qualcomm, o TicWatch Pro 3.

O smartwatch possui tecnologia de ecrã 2.0 que permite aos utilizadores alternar rapidamente entre o ecrã de 1,4 polegadas AMOLED Retina com ajuste automático de brilho e ecrã FSTN sempre ligado para economia de energia.

O TicWatch Pro 3 promete maior autonomia da bateria, com até 72 horas de uso no Modo Inteligente. Embora o utilizador obtenha apenas 72 horas de uso no Modo Inteligente, a bateria de 577 mAh do TicWatch Pro 3 pode durar até 45 dias de uso no Modo Essencial.

Como mencionado anteriormente, o TicWatch Pro 3 traz o novo Qualcomm Snapdragon Wear 4100 , que suporta inicializações de aplicações mais rápidas e oferece aos utilizadores uma experiência mais suave e responsiva.

Em termos de software, o TicWatch Pro 3 executa o Google Wear OS e apresenta aplicações otimizadas de rastreio de condição física e monitorização de saúde, como TicHealth, TicMotion, TicExercise e TicSleep. Além dessas aplicações, a Mobvoi adicionou alguns novos, como TicOxygen, TicBreathe, TicZen e TicHearing.

O dispositivo wearable é compatível com pagamentos NFC com Google Pay e possui GPS integrado. É totalmente compatível com dispositivos Android e iOS. No que diz respeito ao preço, os clientes podem comprar o TicWatch Pro 3 por $ 300 via Amazon e Loja online da Mobvoi.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!