Samsung pretende que os smartphones dobráveis se tornem mainstream até 2025

Enquanto que o Galaxy Z Fold2 foi lançado por 1.999 euros em 2020, o recém-lançado Galaxy Z Fold3 custa 1859 euros no lançamento. Por outras palavras, a empresa está claramente a trabalhar para tornar estes dispositivos mais acessíveis e disponíveis para um público mais amplo.

‎Com o recente lançamento do Galaxy Z Fold3 e Galaxy Z Flip3, a Samsung baixou ainda mais os preços dos novos smartphones dobráveis. A empresa espera que estes dispositivos se tornem mais comuns nos segmentos high-end do mercado de smartphones.‎

‎Enquanto que o Galaxy Z Fold2 foi lançado por 1.999 euros em 2020, o recém-lançado Galaxy Z Fold3 custa 1859 euros no lançamento. Por outras palavras, a empresa está claramente a trabalhar para tornar estes dispositivos mais acessíveis e disponíveis para um público mais amplo.

Samsung pretende que os smartphones dobráveis se tornem mainstream até 2025 1
Galaxy Z Fold 3

 

De acordo com o ‎‎DigiTimes, a gigante de tecnologia sul-coreana chegou a citar um relatório da Strategy Analytics que estimou que a procura global por telefones dobráveis irá atingir 6,5 milhões de unidades em 2021, o que é quase três vezes mais do que no ano anterior.‎

‎Além disso, o relatório acrescentou que as remessas de telefone dobráveis devem superar 100 milhões de unidades até o ano de 2025. Notavelmente, o Galaxy Z Flip3 que foi lançado ao lado do modelo Z Fold3 é o mais barato dos dois e chega com um preço de cerca de 1099 euros. Isto coloca-o num ponto de preço semelhante a muitos equipamentos flagships de categoria premium, tal como iPhones ou até mesmo modelos da série Samsung Galaxy S.

A marca acrescentou que os aparelhos high-end estão a tornar-se cada vez mais produtos específicos e cada nova série de modelos tem os seus próprios clientes-alvo.‎

Samsung pretende que os smartphones dobráveis se tornem mainstream até 2025 2

‎Além disso, Jacob Chen, vice-presidente da Samsung Taiwan, afirmou que a marca duplicou o seu orçamento para a comercialização dos novos telefones dobráveis este ano, em comparação com o mesmo orçamento, mas para a série Note. Ele acrescentou que o impulso na promoção, busca elevar as vendas dos novos dispositivos dobráveis a um nível visto apenas na série Note no ano passado.

Chen também disse que a empresa está confiante em ver vendas mais altas, com as vendas atuais já a superar as expectativas na Coreia do Sul.‎

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Relacionado:  A Xiaomi tem um equipamento de 120 polegadas de Android TV que podem levar para qualquer lado
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!