Android Geek
O maior site de Android em Português

Sabiam que a samsung já tentou fazer um "iPhone"? Galaxy Alpha era o nome

A Samsung também estava na vanguarda de uma tendência de ecrãs extra grandes. Os grandes Galaxys de plástico eram maravilhosamente grandes comparados com os pequenos iPhones de metal.

A Samsung também estava na vanguarda de uma tendência de ecrãs extra grandes. Os grandes Galaxys de plástico eram maravilhosamente grandes comparados com os pequenos iPhones de metal.

Em 2013, a Samsung já era uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo, mas tinha a reputação de fabricar telefones de plástico num momento em que Apple, HTC, Sony e outras empresas estavam a introduzir o metal como material de escolha para os Flagships.

A Samsung também estava na vanguarda de uma tendência de ecrãs extra grandes. Os grandes Galaxys de plástico eram maravilhosamente grandes comparados com os pequenos iPhones de metal. Tenham em mente de que o iPhone 5s tinha um ecrã de 4,0 "em comparação ao ecrã de 5,1" do Galaxy S5 (para não mencionar o Galaxy Note, Mega e outros telefones de tamanho gigante).

Isso preparou o terreno para o Samsung Galaxy Alpha - um telefone cujo objetivo principal era alterar a linguagem de design da empresa. Embora fosse anunciado em agosto, o telefone chegaria às lojas em setembro, no mesmo mês do iPhone 6.

Flashback: Samsung Galaxy Alpha

O ecrã Super AMOLED de 4,7 "do Alpha antecipou uma grande mudança na filosofia de design da Apple. O iPhone original tinha um ecrã de 3,5 ”com proporção de 3: 2. O iPhone 5 aumentou o ecrã (4 ”, 16: 9), mas manteve a largura. Dois anos depois, o iPhone 6 seria o primeiro modelo a aumentar adequadamente o tamanho do ecrã ... para 4,7 "com proporção 16: 9.

A Samsung foi criticada pelo ecrã de baixa resolução, 720p. Mas isso só era um problema para o Galaxy Alpha quando comparado aos Flagships Android e esses não eram o inimigo- o seu ecrã tinha praticamente a mesma densidade de pixels do iPhone (312ppi vs. 326ppi).

A estrutura do Galaxy Alpha era feita de metal com lados quadrados, acabando com o plástico arredondado que fazia parte do DNA Galaxy S desde o início.

Na época, este era o telefone Android mais fino que a Samsung fabricara - 6,7 mm. E pesava apenas 115g. Para comparação, o Galaxy S5 do início de 2014 media  8,1 mm e 145g, O iPhone 6 do mesmo ano foi de 6,9 ​​mm e 129g.

O Samsung Galaxy Alpha estava disponível em várias cores

De certa forma, o Galaxy Alpha foi o trampolim da Samsung para a grande reformulação do Galaxy S6. O FlagShip da série S de 2015 tinha uma estrutura de metal e 6,8 mm de espessura. Essa não foi a maior alteração do design do S5, no entanto.

A Samsung selou a bateria do S6 atrás de um vidro traseiro. A bateria tinha uma capacidade menor do que a do S5 (2.550mAh vs. 2.800mAh). Para ser justo, a empresa tinha razões para acreditar que isso funcionaria bem.

Flashback: Samsung Galaxy Alpha

O Galaxy Alpha tinha uma bateria removível de 1.860mAh - novamente criticada por ser pequena por pessoas que a compararam com telefones Android de topo. Mas o iPhone 6 tinha uma bateria de 1.810mAh, os dois aparelhos eram iguais. De uma forma ou de outra, a Samsung havia acertado nas especificações do novo telefone da Apple, que ainda estava a meses de ser anunciado.

O Alpha tinha uma arma secreta na manga - o Exynos 5430, o primeiro chipset de 20nm do mundo. Isso combinado com a resolução do ecrã de 720p resultou numa autonomia decente de 52h (o iPhone 6 acabou por fazer 61h nos testes).

Samsung Galaxy Alpha em comparação com o iPhone 5s de saída Samsung Galaxy Alpha em comparação com o iPhone 5s de saída Samsung Galaxy Alpha em comparação com o iPhone 5s de saída

Samsung Galaxy Alpha em comparação com o iPhone 5s

O Galaxy S6 avançou ainda mais com o Exynos 7420 de 14nm, embora a bateria menor (em comparação com o S5) e o novo ecrã de 1440p contribuíssem para uma classificação de autonomia inferior à do Galaxy S5. O S6 também removeu o slot microSD, assim como o Alpha, a reação dos fãs foi bastante negativa.

O Samsung Galaxy Alpha foi elogiado pelo belo design, mas criticado por um alto preço e recursos "de gama média" - praticamente as mesmas críticas que foram feitas aos iPhones da Apple. No final, o Alpha foi único, mas o DNA de design permaneceu por muitos anos, moldando todo o portfólio da empresa à sua imagem.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais