Android Geek
O maior site de Android em Português

Pontuações AnTuTu sugerem que o chipset do iPhone 12 está com downclock, a GPU é mais lenta do que na série 11

Os resultados diferem muito, no entanto, se testarmos um A14 Bionic num iPhone 12 ou num iPad Air (2020).  No passado, vimos versões X dos chipsets da Apple usados ​​em iPad Pros, por exemplo, o A12X tinha dois núcleos extra grandes e uma GPU mais robusta.

Ontem tivemos acesso às primeiras pontuações AnTuTu do Apple A14 Bionic dentro do iPhone 12 e 12 Pro. Os resultados diferem muito, no entanto, se testarmos um A14 Bionic num iPhone 12 ou num iPad Air (2020). 

No passado, vimos versões X dos chipsets da Apple usados ​​em iPad Pros, por exemplo, o A12X tinha dois núcleos extra grandes e uma GPU mais robusta. Mas, pelo que sabemos, este não é o caso do novo Air e da série iPhone 12, ambos usam o padrão Apple A14 chipset. Há um Apple A14X a caminho, mas esse Chipset será supostamente destinado aos novos MacBooks.

AnTuTu testa o chipset Apple A14: iPad Air (2020)
AnTuTu testa o chipset Apple A14: iPhone 12

AnTuTu testa o chipset Apple A14: iPad Air (2020) • iPhone 12

O AnTuTu não lista as velocidades de clock da CPU e GPU, mas a julgar por esses resultados, os Chipsets dentro dos iPhones têm uma frequência menor do que aqueles dentro do iPad. Não é uma grande diferença, mas está lá.

Salientamos que a pontuação do iPhone 12 na verdade é um pouco menor do que o iPhone 11 Pro no benchmark de GPU, embora os números oficiais da Apple digam que a GPU A14 da Apple deve ser 8% mais rápida do que o A13. Isso pode ser verdade para o iPad, na verdade a sua pontuação é 20% maior que a do iPhone 11 Pro, mas o Clock mais baixo coloca a série do iPhone 12 numa posição difícil.

Pontuações do AnTuTu sugerem que o chipset do iPhone 12 está com downclock, a GPU é mais lenta do que na série 11

Salientamos que tanto o iPhone 12 quanto o iPad Air (2020) que foram testados têm 4 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, portanto a memória não deve ter afetado os resultados. Ambas os ecrãs funcionam a 60 Hz também, o mesmo para o 11 Pro.

Os chipsets da Apple estão cada vez menores em tamanho e maiores em em transístores, o A14 tem 11,8 mil milhões de transistores. Embora seja construído num processo de 5 nm, é um animal faminto de energia e, portanto, a Apple provavelmente teve que diminuir as frequências devido ao calor e considerações de durabilidade da bateria. O iPad maior tem uma bateria maior e mais espaço para dissipar o calor.

Fonte (em chinês) | Através da

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!