Android Geek
O maior site de Android em Português

Os planos ambiciosos da Samsung e Huawei no Android para 2019

2018 está a terminar, faltam 4 dias para começar 2019, um ano que parece interessante para a tecnologia móvel, especialmente se falarmos sobre Samsung e Huawei, duas empresas que parecem estar a preparar um frente-a-frente para ver quem se torna a nova referência do sistema operativo mais utilizado no mundo.

2018 está a terminar, faltam 4 dias para começar 2019, um ano que parece interessante para a tecnologia móvel, especialmente se falarmos sobre Samsung e Huawei, duas empresas que parecem estar a preparar um frente-a-frente para ver quem se torna a nova referência do sistema operativo mais utilizado no mundo.

Primeiro vamos rever o que aconteceu em 2018, a Huawei tornou-se a segunda fabricante que mais smartphones vendeu graças aos seus 200 milhões de smartphones distribuídos, também lançou o Mate 20 Pro, que é considerado por muitos o smartphone mais inovador de 2018.

Screenshot_2018-12-24-huawei-mate-20-Pesquisa-Google.png

Por seu turno, a Samsung introduziu o primeiro protótipo de um smartphone flexível, que é o que dará vida ao Galaxy F ou X (nomes ainda não oficiais), da mesma forma, ambas as empresas lançaram os seus primeiros telefones com um buraco no ecrã, tecnologia que na Samsung é chamada Infinity-O display, e que o Galaxy A8 foi o primeiro a ter, enquanto no lado da Huawei vemos o Honor View 20 e Huawei Nova 4 como os primeiros telefones chineses com furos no ecrã.

O que vem em 2019 da Samsung e da Huawei

2019 será muito interessante no Android, porque dois dos maiores fabricantes do mundo, e os dois mais poderosos do Android vão lutar para provar quem tem o melhor equipamento, a melhor inovação e quem é o fabricante que vende mais telefones em todo o mundo.

Tudo vai começar com o lançamento do Galaxy S10, que é um dos telefones mais esperados do ano, e que há rumores de ter alguns recursos que vimos no Huawei Mate 20 Pro, um deles é o carregamento sem fio reversível, o segundo é o carregamento ultra-rápido e, finalmente, a câmara traseira tripla com zoom óptico, grande angular e provavelmente super grande angular.

O Galaxy S10 também terá um buraco no ecrã, que sem dúvida será a tendência que a Samsung e a Huawei seguirão em 2019. Depois disso virão os smartphones com ecrã flexível, havia rumores de que o Galaxy flexível seria apresentado na CES, mas parece que vai ser no MWC que será revelado.

No entanto, a Huawei também tem um smartphone com ecrã flexível, e também poderia apresentá-lo no Mobile World Congress, os dois primeiros telefones com ecrã flexível da Samsung estarão à venda antes do final do primeiro trimestre do ano.

A foto-guerra também vai intensificar-se no próximo ano

Não vou negar que a Samsung foi ultrapassada pela Huawei este ano em questão fotográfica, e a empresa sul-coreana parece que não vai deixar isso acontecer no ano que vem, a Huawei afirmou-se como uma empresa cujos smartphones nas séries Mate e P alcançam resultados incríveis. Mas a Samsung vai apertar com força para que o Galaxy S e o Note tenham as melhores câmaras do mercado.

Não teremos apenas câmaras com três ou quatro sensores, mas elas também serão melhoradas com inteligência artificial para melhorar as fotografias noturnas, e haverá a questão de demonstrar qual câmara oferece os melhores resultados em qualquer tipo de condição de iluminação.

O mid-range é outra batalha que ninguém quer perder

Grande parte do sucesso de vendas da Huawei em 2018 deveu-se à gama média, e isso é algo que a Samsung também entendeu. Por esta razão, a Samsung decidiu que o seu média gama será o primeiro a estrear as inovações, lá temos o caso do primeiro telefone do mundo com 4 câmaras na traseira, como é o Galaxy A9 (2018), ou o primeiro com furo no ecrã como é o Galaxy A8s.

Do lado da Huawei algo muito semelhante acontece, no entanto, a empresa chinesa quer que o ás na manga seja o custo / benefício, porque muitas vezes podemos perceber que a diferença de preço entre um smartphone Samsung e um Huawei é importante, até pode ser esse o motivo pelo qual um utilizador aposta num determinado modelo.

Eu não sei se a Samsung vai modificar a sua política de preços para o próximo ano, mas é um facto que melhorará significativamente os seus equipamentos de gama média e alta com recursos que serão atraentes, será interessante ver se a Huawei tem um plano para dar a volta a isso.

Em conclusão, parece que 2019 será um ano muito movimentado para a Samsung e a Huawei, em que os grandes beneficiados serão os utilizadores, por isso teremos que esperar e ver o que nos surpreenderá em ambas as empresas.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais