O próximo smartwatch do Google pode incluir um chip Exynos

A acreditar num novo comjunto de informações, poderíamos ver o gigante da pesquisa na Internet repetir a mesma estratégia com o chipset para um dos seus próximos dispositivos. De acordo com um novo relatório do 9To5Google, várias referências ao nome de código “Rohan” e um chipset Exynos foram encontradas no código Wear OS 3.

O primeiro processador de smartphone do Google, o Tensor, é baseado num processador Exynos. É utilizado no Pixel 6 e no Pixel 6 Pro. A acreditar num novo comjunto de informações, poderíamos ver o gigante da pesquisa na Internet repetir a mesma estratégia com o chipset para um dos seus próximos dispositivos.

O próximo smartwatch do Google pode incluir um chip Exynos 1

De acordo com um novo relatório do 9To5Google, várias referências ao nome de código “Rohan” e um chipset Exynos foram encontradas no código Wear OS 3. Rohan é alegadamente o nome de código para o próximo smartwatch da marca Pixel do Google, e diz-se que inclui a experiência da próxima geração do Google Assistant.

Tal como a Google personalizou um chipset Exynos com o seu próprio ISP (Image Signal Processor) e TPU (Tensor Processing Unit) para o Pixel 6 e o Pixel 6 Pro, é possível que a empresa utilize um chipset Exynos tipo W920 com alguns dos seus próprios truques. Tais personalizações poderiam ajudar no processamento de IA no dispositivo para respostas mais rápidas e precisas do Google Assistant.

Vai gostar de saber:  Exynos 2200 está atrasado. Acabou a brincadeira!

Algumas características do Wear OS 3 e design de IU (One UI Watch) foram divulgados através do emulador do Google. Traz novas faces de relógio, um formato de lista mais simples para a gaveta da aplicação, um desenho de gradiente para os botões, uma IU em forma de pilha para aceder aos controlos de reprodução de media, e uma nova IU para personalizar as faces de relógio. Diz-se também que apresenta uma curva de luz quadricolor para o Google Assistant.

Com o Google e a Samsung a trabalharem de perto para o Wear OS 3, o Pixel smartwatch pode utilizar o processador Exynos W920 tal como está ou a uma versão personalizada.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!