Android Geek
O maior site de Android em Português

O 5G também revolucionará o mercado de smartwatches e smartbands

O 5G é realmente espetacular ou é apenas um LTE com “novos truques”? Nós já aqui dissemos que o 5G trará muitas vantagens para além de permitir Downloads mais rápidos.

Com a chegada da tecnologia 5G há uma questão que tem assolado muitos utilizadores.

Vale a pena comprar um smartphone 5G em 2019?

O 5G é realmente espetacular ou é apenas um LTE com "novos truques"?

 

Nós já aqui dissemos que o 5G trará muitas vantagens para além de permitir Downloads mais rápidos. Além de maior velocidade, o 5G vai ajudar a que nunca percamos o sinal e consigamos manter uma velocidade constante.

O 5G afetará  também dispositivos como relógios inteligentes ou pulseiras desportivas?

Bem, tudo aponta para se venham a verificar muitas melhorias na forma como usamos dispositivos Wearable. 

Todos os dispositivos vão melhorar com a tecnologia 5G, não apenas os smartphones

O portal de notícias online TechRadar apresentou todas as vantagens que a tecnologia 5G poderá significar em dispositivos como relógios inteligentes ou smartbands. O facto é que esses dispositivos, ao contrário dos smartphones, não estão ligados o dia todo às redes móveis e não são normalmente usados para fazer Downloads ou navegar na web; mas isso não impede que graças ao 5G possam ser aparelhos muito mais eficientes.

Primeiro de tudo e graças ao 5G, este tipo de dispositivos funcionará de forma mais eficiente. Como mencionado anteriormente, o 5G não oferece apenas velocidades de download mais rápidas, mas também velocidades de download mais eficientes. O que isso significa para relógios inteligentes e pulseiras?

Sincronizações mais eficientes e rápidas.

Com o 5G podemos sincronizar grandes quantidades de dados entre o nosso wearable e o nosso smartphone instantaneamente, o que poupa preciosos minutos do nosso tempo. Por outro lado, a tecnologia 5G terá grandes benefícios nas baterias desses dispositivos.

Se há algo que reclamamos dos wearables actuais é que, excepto algumas excepções, as suas baterias são, pelo menos, insuficientes, e somos obrigados a carregar este tipo de dispositivos todos os dias ou a cada dois.

Um melhor uso de energia também levará a um menor consumo de bateria, o que, sem dúvida, permitirá aos programadores dar um passo e melhorar o calcanhar de Aquiles dos wearables: a duração da bateria.

O 5G será o gatilho para que todos tenham um wearable no pulso? Pode ser. Muitas pessoas ainda resistem a comprar um desses dispositivos alegando as suas funcionalidades limitadas e bateria pouco duradoura.

Com 5G tudo isso e muito mais pode mudar, e é bom que estejamos conscientes do que esta tecnologia pode oferecer no futuro.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais