Novos dobráveis da Samsung superam o interesse do Galaxy Note

Este último já é uma realidade, e como dissemos no artigo de análise do Galaxy Z Flip 3, parece que finalmente estes dispositivos estão destinados a ser interessantes para o público em geral.

Há anos que os filmes de ficção científica nos mostram como poderia ser o futuro, com carros que voam, conduzem eles próprios, comida em comprimidos e ecrãs que se dobram. Este último já é uma realidade, e como dissemos no artigo de análise do Galaxy Z Flip 3, parece que finalmente estes dispositivos estão destinados a ser interessantes para o público em geral. Agora a Samsung confirmou este facto com alguns números oficiais de reservas e interesse na sua nova linha Fold.

Novos dobráveis da Samsung superam o interesse do Galaxy Note 1

Smartphones dobráveis são os novos Note. Mais ou menos

A Samsung lançou a linha Samsung Galaxy Note em 2011, muitos chamaram louca à empresa. Um smartphone com um grande ecrã e um lápis. A realidade é que a Samsung criou um novo segmento de mercado e depois fez com que praticamente todos os telefones Android se parecessem com o Note, pelo menos em tamanho. Mas depois disso, os Note já não eram tão diferentes, exceto no caso da caneta. Portanto, a Samsung optou por uma nova categoria, os Fold Esta aposta é a longo prazo, mas parece começar a ganhar tracção em 2021, com o Fold 3 e o Z Flip 3, a Samsung conseguiu ultrapassar as reservas dos Galaxy Note.

É verdade que são dois modelos diferentes, mas são tão originais que constituem uma categoria única. E é algo que está a acontecer um pouco por todo o mundo. Os números são semelhantes. O Z Flip 3 é mais interessante, certamente pelo o seu preço e formato.

Relacionado:  O Galaxy S21 FE pode ainda levar meses, o S22 no caminho certo para lançamento em janeiro

Embora o Galaxy Fold capte mais a minha atenção, devo admitir que o Flip é muito mais interessante para uso normal, para pessoas que não trabalham com smartphones. E isto é evidente nos números  das reservas. Segundo a Samsung, 3 em cada 5 futuros compradores apostam no Flip, enquanto 2 em cada 5 o fazem no Fold. E estamos a falar de reservas muito mais elevadas do que a própria Samsung acreditava.

Isto também é impulsionado pelo preço, que é quase metade no caso do modelo mais pequeno. No entanto, são suficientemente diferentes para não competirem um com o outro, uma vez que foram concebidos para públicos diferentes. Assim, parece claro que a procura por smartphones dobráveis ​​está a crescer exponencialmente.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!