Android Geek
O maior site de Android em Português

Nokia, Xiaomi e Huawei em crescimento no mercado Europeu

Segundo a Canalys, uma empresa de análise industrial, a Nokia, a Xiaomi e a Huawei foram os maiores impulsionadores do mercado europeu no primeiro trimestre de 2018. Segundo os mesmos, as duas maiores fabricantes mundiais de smartphones, a Samsung e a Apple, continuam a perder mercado (e muito) e vêm as suas vendas serem cada vez mais ameaçadas pela Huawei.

Segundo o relatório da Canalys, os dispositivos Nokia foram responsáveis ​​por 3,5% dos embarques de smartphones na Europa no primeiro trimestre de 2018, e isso faz com que seja atualmente a quinta fabricante de smartphones nesse mercado, com mais de 1,6 milhão de aparelhos vendidos. Isso ocorre apesar de um declínio geral de 6,3% nas remessas de smartphones durante o mesmo período.

Nokia em altas na Europa

A marca operada pela HMD Global manteve a sua posição desde o quarto trimestre de 2017, durante um período de “fadiga de smartphones”, no qual os dois maiores fornecedores da região, Samsung e Apple, caíram 15,4 e 5,4 por cento, respetivamente. Os dois gigantes, assim como a Huawei e a Xiaomi, ainda vendem muito mais equipamentos que a Nokia.

Nokia, Xiaomi e Huawei em crescimento no mercado Europeu 1

Mas o desempenho da Nokia contra as marcas de smartphones mais estabelecidas na Europa ainda é louvável, considerando que os seus dispositivos não estão disponíveis há muito tempo. A Canalys atribui a adoção relativamente rápida aos relacionamentos da HMD com as operadoras, e devido à sua boa relação de qualidade e preço.

Tal com na Europa, os dispositivos da Nokia foram muito bem recebidos pelos utilizadores. Com a chegada dos Nokia 1, Nokia 7 Plus, Nokia 6 2018 e o Nokia 8 Sirocco, os resultados do segundo trimestre de 2018, deverão mostrar ainda um maior impulso no número de vendas.

Outra empresa com números muito interessantes é a Xiaomi, que oficialmente vendeu mais de 2,4 milhões de smartphones, na Europa, nos primeiros três meses de 2018. E esse numero vai crescer consideravelmente neste segundo trimestre, pois a fabricante continua a abrir lojas por toda a Europa, e isso, certamente, fará subir as suas vendas.

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
Fonte canalys

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link