Android Geek
O maior site de Android em Português

Nokia 2.1, Nokia 3.1 e Nokia 5.1 apresentados, aqui está tudo o que precisam saber

A HMD Global divulgou recentemente as suas novidades de 2018 a sua linha de orçamento. O Nokia 2.1, o Nokia 3.1 e o Nokia 5.1 entram no mesmo patamar de preço dos seus antecessores, oferecendo atualizações importantes que os tornam competitivos na segunda metade de 2018.

A mudança chave para 2018 é que o Nokia 3.1 e o Nokia 5.1 evoluem para um formato 18: 9, muito parecido com o Nokia 7 Plus de gama média. O Nokia 3.1 continua a ser alimentado por um chipset MediaTek - como o Nokia 3 - mas desta vez a HMD está usa um MediaTek SoC no Nokia 5.1, promovendo ganhos significativos no desempenho.

O que não mudou é o compromisso da HMD com as atualizações. O Nokia 3.1 e o 5.1 são baseados no Android One e receberão duas atualizações de plataforma, além de três anos de updates de segurança.

O Nokia 2.1, faz parte da iniciativa Android Go. O telefone vem com versões leves dos serviços do Google, incluindo Pesquisa, Gmail, Assistente, Mapas e YouTube, além de receber atualizações rápidas.

Aqui está tudo o que precisam saber sobre os últimos telefones da HMD

Nokia 2.1, Nokia 3.1, e Nokia 5.1: Specs
Nome Nokia 2.1 Nokia 3.1 Nokia 5.1
Sistema Operativo Android 8.1 Oreo (Go Edition) Android 8.1 Oreo Android 8.1 Oreo
Display 5.5-inch 16:9 720p (1280x720)
Oleophobic coating
5.2-inch 18:9 HD+ (1440x720)
Oleophobic coating
Gorilla Glass
5.5-inch 18:9 FHD+ (2160x1080)
Gorilla Glass
Chipset Quad-core Qualcomm Snapdragon 425
4x1.40GHz Cortex A53
Octa-core MediaTek MT6750
8x1.50GHz Cortex A3
Octa-core MediaTek Helio P18
Up to 2.0GHz
GPU Adreno 308 Mali-T860 MP2 Mali T720 MP3
RAM 1GB 2GB/3GB 2GB/3GB
Storage 8GB 16GB/32GB 16GB/32GB
MicroSD slot Yes Yes Yes
Câmara Traseira 8MP 13MP 16MP
Câmara Frontal 5MP 8MP 8MP
Bateria 4000mAh 2990mAh 2970mAh
Carregamento MicroUSB 2.0 MicroUSB 2.0 MicroUSB 2.0
Segurança Passcode Fingerprint sensor Fingerprint sensor
Conectividade Wi-Fi 802.11b/g/n
Bluetooth 4.2
OTG, 3.5mm jack
Wi-Fi 802.11a/b/g/n
Bluetooth 4.2, NFC
OTG, 3.5mm jack
Wi-Fi 802.11a/b/g/n, Bluetooth 4.2, NFC
FM radio, 3.5mm jack
Dimensões 153.6 x 77.6 x 9.67mm
174g
146.25 x 68.65 x 8.7mm
138.3g
151.1 x 70.73 x 8.27mm
Cores Blue/Copper, Blue/Silver, Grey/Silver Blue/Copper, Black/Chrome, White/Iron Copper, Tempered Blue, Black

 

Nokia 5.1 a mesma elegância, mas muito mais rápido

Como no ano passado,o chassis do Nokia 5.1 é feito de alumínio da série 6000, e o telefone é um dos mais duráveis ​​desta categoria. O telefone possui bordas arredondadas e um acabamento "acetinado" na parte de trás, o sensor de impressão digital foi movido para a parte de trás do dispositivo. O design unibody elimina a necessidade de linhas de antena, resultando numa aparência mais limpa.

Nokia 2.1, Nokia 3.1 e Nokia 5.1 apresentados, aqui está tudo o que precisam saber 1

A mudança para um formato de 18: 9 permitiu que a HMD encaixasse um ecrã maior de 5,5 polegadas - mais 0,3 polegadas que o Nokia 5 - em um corpo 2 mm mais estreito que o modelo do ano passado. O Nokia 5.1 também vem com um painel FHD + com uma densidade de pixels de 443PPI, significativamente maior do que o painel de 720p de 5,2 polegadas usado no modelo do ano passado. Há também vidro curvo 2.5D ao longo dos lados e proteção Gorilla Glass.

A principal mudança é que o Nokia 5.1 agora é alimentado por um chipset MediaTek Helio P18,  a HMD diz que o SoC octa-core oferece 40% mais de desempenho do que o Snapdragon 430 do ano passado.

Nós ainda não vimos o Helio P18 em nenhum dispositivo mainstream, mas ele vem com oito núcleos de CPU com clock de até 2.0GHz e um GPU Mali T720. O Nokia 5.1 possui 2GB de RAM com 16GB de armazenamento, ou 3GB de RAM com 32GB de armazenamento, slot microSD, front shot de 8MP, rádio FM, NFC (mercados selecionados), Bluetooth 4.2 e uma bateria de 2970mAh menos que no ano passado).

A câmara traseira foi atualizada e agora é uma unidade de 16MP com PDAF e flash de dois tons. O Nokia 5.1 estará à venda a partir de julho, com a versão de 2GB disponível por € 189 e a variante de 3GB  por € 219. Poderão escolher entre três opções de cores: Cobre, Azul Temperado e Preto, com a última variante a ser lançada algumas semanas depois.

Nokia 3.1: Ecrã 18: 9 e o dobro dos Cores

A HMD disse que o Nokia 3 foi o seu modelo de maior sucesso no Android, e que a empresa está a lançar atualizações importantes para 2018. O Nokia 3.1 tem um ecrã HD + de 5.2 polegadas (1440x720) e é alimentado pelo octa-core de 1.5GHz Chipset MediaTek MT6750. A HMD está Aa anunciar um aumento de 50% no desempenho do MediaTek MT6737 de quatro núcleos.

Nokia 2.1, Nokia 3.1 e Nokia 5.1 apresentados, aqui está tudo o que precisam saber 2

O terminal tem uma moldura de alumínio e uma traseira em policarbonato, muito parecido com o modelo do ano passado.

Outras especificações incluem 2GB / 3GB de RAM, 16GB / 32GB de armazenamento interno, slot microSD, câmara de 13MP, câmara frontal de 8MP, Bluetooth 4.2 e uma bateria de 2990mAh.

O telefone será vendido em três opções de cores - Azul / Cobre, Preto / Cromado e Branco / Ferro - estará à venda a partir de junho. A variante de 2 GB base custará € 139 e a opção de 3 GB custará € 169.

Nokia 2.1: bateria gigante e Android Go

Com o Nokia 2.1, a HMD apostou num Snapdragon 425, que oferece quatro núcleos Cortex A53 com clock de até 1.4GHz. Como o resto das novidades, o Nokia 2.1 oferece um desempenho imensamente superior quando comparado ao modelo 2017 - até 50% mais rápido, de acordo com a HMD.

Nokia 2.1, Nokia 3.1 e Nokia 5.1 apresentados, aqui está tudo o que precisam saber 3

O telefone em si é maior, graças a um ecrã 720p de 5,5 polegadas de 16: 9, mas o design de policarbonato é praticamente idêntico ao modelo do ano passado. Uma das principais características diferenciadoras do Nokia 2.1 é a bateria de 4000mAh, que deve fornecer facilmente dois dias de uso a partir de uma carga completa.

Foi incluido 1GB de RAM, juntamente com 8GB de armazenamento interno, um slot para cartão microSD, câmara de 8MP, atirador frontal de 5MP e Bluetooth 4.2. Ah, e há alto-falantes estéreo na frente.

O Nokia 2 do ano passado veio com uma versão completa do Android e o dispositivo ficou lento mesmo durante as tarefas diárias. Muito disso teve a ver com o hardware, e a HMD está a fazer a aposta certa ao mudar para o Android Go.

Como vimos no Nokia 1, o Android Go funciona muito bem em hardware de baixas características, portanto, o Nokia 2 não deve ter problemas para lidar com tarefas do dia-a-dia. O telefone começará a ser vendido a partir de julho por US $ 115, apenas US $ 15 a mais que o Nokia 1.

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link