Android Geek
O maior site de Android em Português

Intel: Vender 5G à Apple originou perdas de vários milhares de milhões de dólares

A notícia foi divulgada em julho e a empresa de Cupertino assinou um acordo com o fabricante do Chipset para adquirir a Divisão de modem 5G por mil milhões de dólares americanos. Segundo a Intel, a avaliação de apenas mil milhões de dólares é subestimada.

No início deste ano, Intel vendeu o seu principal modem 5G à Apple que assinalou a estreia deste tipo de chipsets no mercado. A notícia foi divulgada em julho e a empresa de Cupertino assinou um acordo com o fabricante do Chipset para adquirir a Divisão de modem 5G por mil milhões de dólares americanos.

Segundo a Intel, a avaliação de apenas mil milhões de dólares é subestimada. A empresa declarou o negócio como uma "perda multimilionária" e acusou a Qualcomm com a práticas comerciais anticompetitivas que os forçou a abandonar o mercado. A Intel foi bastante transparente sobre os seus motivos, citando que não via "nenhum caminho claro para ter lucro e o regresso a um saldo positivo". Alega-se que a razão por trás desses problemas é a Qualcomm, que está atualmente a enfrentar uma investigação oficial da FTC.

Intel VS Qualcomm
Chipset de modem Snapdragon X50 5G (esquerdo); Módulo de antena de onda de 28 GHz mm (direita)
Imagens por: Qualcomm

Recentemente, a Qualcomm está a tentar contestar a decisão da FTC (Federal Trade Commission). Ao mesmo tempo, a Intel entrou com uma ação no 9º Tribunal de Apelações dos EUA que apoia a decisão da FTC contra a Qualcomm. Em resumo, a Intel explica que o gigante de Chipsets móveis está a criar acordos de licenciamento para os seus produtos CDMA e LTE  de maneira a dificultar e atrapalhar os concorrentes.

Em outras palavras, a Qualcomm implementa uma política de 'sem licença, sem Chipset' que impede os fabricantes de smartphones de comprar Chipsets da Intel ou de outros concorrentes, a menos que concordem com um acordo de patente. Esse acordo tornou a tecnologia muito mais cara e díficil para os OEMs entrarem em acordos com os fabricantes de Chipsets rivais da Qualcomm.

O Conselho Geral da Intel afirmou que "a Intel sofreu o impacto do comportamento anticoncorrencial da Qualcomm, teve negadas as sua oportunidades no mercado, foi impedida de fazer vendas aos clientes e foi forçada a vender a preços artificialmente distorcidos pela Qualcomm". A Intel afirmou que “investiu mil milhões de dólares, contratou milhares, adquiriu duas empresas e construiu produtos inovadores de classe mundial que acabaram por entrar nos iPhones que são os equipamentos de topo da Apple, onde se incluem os lançados mais recentemente. iPhone 11. ”

Modem Intel 5G
O modem Intel XMM 8160 5G
(Fonte: Intel Corporation)

Infelizmente, o acordo com a Apple não melhorou as coisas para a Intel. A Apple já resolveu todos os litígios com a Qualcomm, que agora é o único fornecedor de modems para os iPhones durante os próximos 6 anos. Por fim, a Intel ainda está no mercado a vender os seus modems 4G para PCs, mas o fabricante de Chipsets está basicamente a abandonar o negócio de modems no futuro próximo. O recente acordo com a MediaTek para integrar Modems 5G em laptops baseados em Intel é um sinal disso.

(Através da)

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais