Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei confirma que apresentará smartphone dobrável com 5G no MWC 2019

Já vimos conceitos e produtos com algumas dessas características, por exemplo, o smartphone dobrável FlexPai, que inspirou uma lista de aspectos a serem corrigidos para os próximos smartphones flexíveis. Ainda não sabemos se a Huawei será a primeira ou não, já que de momento é apenas um anúncio do seu CEO.

Na indústria de smartphones há sempre muita competição para ganhar e apresentar alguns recursos antes dos outros, e além dos buracos no ecrã são os telefones 5G e flexíveis que vão marcar 2018 9. Agora é a Huawei que quer chegar antes ao afirmar que vai apresentar um smartphone 5G dobrável no MWC 2019.

Já vimos conceitos e produtos com algumas dessas características, por exemplo, o smartphone dobrável FlexPai, que inspirou uma lista de aspectos a serem corrigidos para os próximos smartphones flexíveis. Ainda não sabemos se a Huawei será a primeira ou não, já que de momento é apenas um anúncio do seu CEO.

Kirin 980, um modem 5G superior e um painel flexível

A comunicação foi emitida por Richard Yu, CEO da Huawei, aproveitando o seu modem 5G Balong 5000 que está pronto e é capaz de suportar velocidades de até 6 Gbps. Algo que também sabemos é que o terminal flexível incluirá o Kirin 980, o processador mais potente da casa até hoje, que estreou no Huawei Mate 20 e Mate 20 Pro.

Aparentemente, o painel será de cerca de 8 polegadas, de modo que, uma vez dobrado, tenha uma diagonal de cerca de 5 polegadas. Provavelmente será semelhante em tamanho ao FlexPai que nós vimos anteriormente, cujo ecrã estendida é de 7,8 polegadas.

Isso bate certo com o primeiro anúncio que fizeram sobre a chegada de um móvel flexível 5G em 2019, e também anteciparam o lançamento do seu Chipset Balong.

Sobre 9 Balong 5000 já sabemos que é o primeiro modem 5G da Huawei, que está a ser incorporado ao novo router CPE Pro 5G da Huawei, é o primeiro modem capaz de suportar a arquitetura de rede 5G (SA) autónoma e a rede não autónoma (NSA).

Abrange todo o espectro de redes, e se as especificações forem confirmadas, também será o primeiro a chegar a 4,6 Gbps na faixa sub-6Ghz e 6,5 Gbps em mmWave, com suporte para V2X (veículo). para tudo) e comunicação de baixa latência.

Das palavras à realidade passando pelo  MWC

Se tudo isto se confirmar, e este anúncio se materializar num produto no MWC, a Huawei ultrapassaria a Samsung em relação a estas duas novidades (smartphone flexível e 5G). Os sul-coreanos devem lançar um Samsung Galaxy S10 com 5G, mas este não chegará até meses após o MWC, um evento no qual esperamos ver três novos Flagships da empresa.

Naturalmente, entre estes dois fabricantes foi a Samsung quem já mostrou mais do que palavras em relação a um dispositivo dobrável. Em dezembro eles mostraram um protótipo aparentemente funcional do dispositivo dobrável, mas não especificaram uma data de apresentação. Além de dizer que veríamos este equipamento em 2019.

Os últimos a entrar na corrida foram os engenheiros da Xiaomi, também a falar de telefones dobráveis, mas não indicaram uma data de lançamento e explicaram a que ainda está em desenvolvimento. Relativamente ao ao 5G é verdade que com os Chipsets apresentados e lançados em 2019 esTa realidade está cada vez mais próxima.

 

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link