HiSilicon da Huawei revela nova tecnologia de baixa latência de transmissão de imagem

De acordo com a gigante tecnológica chinesa, uma das características mais destacados da HiAir é sua tecnologia de transmissão de latência ultra baixa, que a empresa acredita que irá ser a referência do setor nos próximos três anos.

Ontem a HiSilicon, subsidiária de chips da Huawei, anunciou a sua nova tecnologia de transmissão de imagem de baixa latência auto-desenvolvida na China. Esta tecnologia visa capacitar terminais inteligentes de vários ecrãs e vai suportar baixo uso de memória e qualidade de imagem 4K UHD em chips HiSilicon.‎

‎De acordo com a gigante tecnológica chinesa, uma das características mais destacados da HiAir é sua tecnologia de transmissão de latência ultra baixa, que a empresa acredita que irá ser a referência do setor nos próximos três anos. Além disso, essa tecnologia também será integrada ao Huawei Cast+, suporta a descoberta automática de dispositivos, entre outros recursos como ligação minimalista para oferecer uma experiência de controle mais agradável.‎

hisilicon-chips-img-1.jpg

‎Ela também chegará com otimização profunda do protocolo para Cast+, DLNA, Miracast, Lelink e muito mais. Notavelmente, a nova tecnologia de transmissão de imagens também suportará baixa memória e forte escalabilidade também. A tecnologia também oferece suporte para a qualidade de imagem 4K UHD, o que irá beneficiar os conteúdos media de streaming, liderando o padrão PQ de qualidade de imagem do setor. Ela ainda oferece uma alta taxa de eficiência energética, uma vez que só requer ser conectada ao USB de uma TV para alimentação, enquanto que a temperatura da superfície não excede 40 graus mesmo com longas horas de uso.‎

Em notícias relacionadas com a marca, ‎a Huawei revelou há dias a sua nova linha de smartphones flagships Huawei P50 . O P50 tem um ecrã OLED FHD+ de 6,5 polegadas com uma taxa de atualização de 90Hz, enquanto que o modelo Pro vem com um ecrã OLED FHD+ de 6,6 polegadas que oferece uma taxa de atualização de 120Hz. Ambos os telefones são alimentados pelo Qualcomm Snapdragon 888 com um modem 4G. Há também um modelo Kirin 9000, que também é limitado à conectividade 4G.‎

O modelo padrão tem uma câmara principal f/1.8 RGB de 50MP, uma câmara ultrawide de 13MP f/2.2 e uma câmara telefoto de 12MP f/3.4 com OIS. Na parte frontal, há uma câmara f/2.4 de 13MP que fica dentro recorte no display.‎

HiSilicon da Huawei revela nova tecnologia de baixa latência de transmissão de imagem 1

Por outro lado, o modelo Pro tem um sensor f/1.8 RGB de 50MP com OIS e um sensor f/1.6 preto e branco de 40MP, juntamente com uma câmara ultrawide de 13MP f/2.2 e uma câmara telefoto de 64MP f/3.5 com OIS. Há também uma câmara frontal f/2.4 de 13MP com suporte para autofoco e anti-shake AIS.‎

‎O Huawei P50 é equipado por uma bateria de 4.100mAh, enquanto que o Huawei P50 Pro é alimentado por uma bateria de 4.360mAh. Ambos vêm com suporte para tecnologia de carregamento rápido de 66W, mas apenas o modelo Pro tem suporte para carregamento sem fio.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Relacionado:  1.ª Edição da Huawei Summer School for LeaderShip in the digital age
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!