Android Geek
O maior site de Android em Português

Benchmarks do Snapdragon 835 confirmam : É um monstro

Continuamos ansiosos por ver o Snapdragon 835 em acção, este chipset tem sido notícia principalmente pela escassa disponibilidade, o que traduz num número reduzido de modelos com este componente.

Sabemos que empresas como a LG optaram por usar a versão 821 para não ter que esperar. A questão que se coloca é : Quanto de performance sacrificaram com esta escolha?

Não há telefones com o 835 ainda, o primeiro a chegar ao mercado deve ser o Samsung Galaxy S8. Ainda assim, a Qualcomm tem uma plataforma de referência que pode ser comparada.

Primeiro, vamos rapidamente abordar as diferenças entre o Snapdragon 835 e 821, uma vez que elas são bastante significativas. O 821 usa quatro núcleos inteiramente feitos para essa versão, enquanto o 835 tem oito núcleos mas são na maior parte  baseados em tecnologia ARM , quatro Cortex-A73s modificados servem como conjunto principal é quatro A53s sem modificações formam o conjunto secundário.  Ir de quatro a oito núcleos deve impulsionar o desempenho multi-core, mas os Kryos personalizados da Qualcomm eram grandes e rápidos pelo que o desempenho single-core não deve mudar muito.

O Geekbench mostra praticamente isso. O Snapdragon 835 encabeça o gráfico multi-core, superando até mesmo o Huawei P10. O P10 é alimentado por um Kirin 960, que usa núcleos A73 e A53 stock. O desempenho de núcleo único subiu ligeiramente, mas não numa quantidade significativa em comparação com o Huawei.

Benchmarks do Snapdragon 835 confirmam : É um monstro 1

O AnTuTu dá  novamente a coroa de desempenho ao chip 835, mas o 821 não está muito atrás – a versão mais rápida no OnePlus 3T fica mais perto do que a versão AB no Pixel XL (a versão AB usa velocidades de clock mais baixas, igual ao 820).

Benchmarks do Snapdragon 835 confirmam : É um monstro 2

O Snapdragon 835 também vem com uma nova GPU – Adreno 540 – que promete cerca de 25% melhor desempenho gráfico em relação ao seu antecessor. E, de fato, o chipset afasta a concorrência, incluindo o Huawei P10, que usa a última geração de GPUs da ARM. Além disso, Snapdragon 821 (OnePlus 3T, Pixel XL) portou-se significativamente melhor do que o 820 (Galaxy S7).

Benchmarks do Snapdragon 835 confirmam : É um monstro 3

Alternando de GFX Bench para 3DMark, no entanto, esbate a diferença entre os mais antigos Snapdragons.

Benchmarks do Snapdragon 835 confirmam : É um monstro 4
É importante referir que estes resultados não são definitivos. Por um lado, uma plataforma de referência não é um produto de comercial por isso não precisa se preocupar com coisas como refrigeração adequada ou vida útil da bateria. Para ser justo, os fabricantes de telefones nem sempre são honestos com o quão bem os seus produtos se portam, pelo que o melhor é mesmo esperar para ver .

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link