Android Geek
O maior site de Android em Português

As marcas de smartphones também falham. E muito. Vejam os piores momentos

Algumas dessas táticas falharam estrondosamente, e neste artigo temos uma lista dos piores momentos do Marketing na indústria móvel. Toda a gente erra, mas quando os erros são de responsáveis de relações públicas o prejuízo para a imagem da marca é significativo.

Os fabricantes de smartphones são mestres em táticas de marketing, ainda que algumas sejam de certo modo, questionáveis. Algumas dessas táticas falharam estrondosamente, e neste artigo temos uma lista dos piores momentos do Marketing na indústria móvel.

Toda a gente erra, mas quando os erros são de responsáveis de relações públicas o prejuízo para a imagem da marca é significativo. Achamos que seria uma ideia divertida reunir alguns dos piores momentos de marketing de smartphones de todos os tempos.

Salientamos que estamos a falar de gafes e erros de relações públicas e não produtos.

Os piores momentos de Marketing de Smartphones

lg polônia v60 tiktok

 

Antennagate (2010)

As marcas de smartphones também falham. E muito. Vejam os piores momentos 1

O iPhone 4 estreou um novo design em 2010, usando uma margem de metal e vidro para um visual bastante distinto. Claro, o metal não é a melhor coisa para conectividade de rede em smartphones. Portanto, a empresa acrescentou algumas ligações no quadro para melhorar a recepção. Infelizmente, foi descoberto que ao segurar o telefone normalmente resultaria em chamadas perdidas e sinal fraco.

“Não lhe peguem dessa forma”, disse o falecido CEO da Apple, Steve Jobs a um cliente preocupado por e-mail. A afirmação de que as pessoas estavam a segurar os telefones de maneira incorreta, em vez da Apple admitir um problema no produto é sem dúvida um dos maiores erros de relações públicas no espaço dos smartphones.

Microsoft e o funeral para o iPhone (2010)

 

É preciso um tipo especial de coragem para realizar um funeral a um produto tão popular do seu concorrente. Mesmo assim, foi exatamente isso que a Microsoft fez para marcar o lançamento do Windows Phone 7. Os telefones que vinham com a nova plataforma móvel ainda nem tinham sido lançados quando a Microsoft disse "adeus" ao Iphone. Os funcionários até realizaram uma versão Thriller de Michael Jackon (visto acima).

O futuro mostrou que a única plataforma morta-viva, era mesmo o Windows Phone. A Microsoft decidiu descontinuar as actualizações de recursos para o Windows 10 Mobile em 2017 e oficialmente descontinuou a plataforma no início de 2020. Parece que a Microsoft aprendeu a lição, já que não celebrou um funeral do Galaxy Fold ao lançar o Surface Duo.

Nokia apanhada a mentir no seu próprio vídeo do Lumia 920 (2012)

Anúncio Nokia Lumia 920 OIS

A Nokia foi indiscutivelmente a primeira empresa a oferecer estabilização óptica de imagem (OIS) num smartphone, isto começou com o Lumia 920 em 2012. Até produziram um vídeo onde mostram capturas de vídeo suaves durante as filmagens.

Descobriu-se então que a Nokia estava a usar na verdade uma câmara DSLR montada num gimbal em vez do próprio telefone. A Nokia foi "traída" por um reflexo no vídeo onde é visível todo o setup (visto na imagem acima).

O evento de lançamento do Samsung Galaxy S4 (2013)

A Samsung optou por um evento de lançamento ao estilo teatral para o Galaxy S4. No entanto, o evento será recordado sobre como as pessoas (especialmente as mulheres) não deveriam ser retratadas num evento da empresa.

O lançamento do Galaxy S4 viu a Samsung retratar personagens charmosos como um homem que odeia a sogra, uma mulher brasileira atraente com um namorado assustador e uma dona de casa bêbada e amorosa. Tudo feito para promover um relógio que não tinha nada de especial, a CNET fez um ótimo trabalho narrando o evento.

OnePlus pede aos utilizadores para partirem os seus telefones (2014)

A OnePlus esforçava-se muito para chamar à atenção. Nem sempre o conseguiu pelas melhores razões. Um dos momentos mais estranhos foi o Concurso Smash The Past que está lá em cima como um dos mais ridículos momentos de mau marketing. A competição consistia em que alguns utilizadores comprassem o OnePlus One por apenas US $ 1, mas teriam que destruir o telefone antigo se ganhassem esta oportunidade.

Relacionado:  Huawei Mate 40 Pro tem 5 armas poderosas para bater a concorrência

As marcas de smartphones também falham. E muito. Vejam os piores momentos 2

Dizemos telefone “antigo”, mas a OnePlus estava à procura de utilizadores com dispositivos mais recentes para maior impacto. Desnecessário dizer que havia muitos erros neste concurso. Por um lado, o desperdício de um bom telefone que poderia ter sido reciclado ou dado a alguém em necessidade. Depois, há as repercussões potencialmente perigosas de destruir um dispositivo com bateria de lítio e vidro.

Foi necessário começarem a receber má publicidade para a empresa mudar de rumo e permitir que os vencedores doassem os seus telefones antigos a uma instituição de caridade. Essa devia ter sido a primeira opção.

Aqui está o que o BlackBerry Z10 não consegue fazer (2013)

A BlackBerry também fez a sua parte para enriquecer esta lista dos momentos mais embaraçosos do marketing na indústria de smartphones. No entanto, o seu erro de marketing mais notável pode ter sido o seu anúncio Superbowl 2013 para o BlackBerry Z10. O Z10 foi o primeiro smartphone a correr a plataforma BlackBerry 10 que tinha como destaque o touch screen, sabem como a empresa apresentou o dispositivo?

Bem, a BlackBerry preferiu concentrar-se no que o Z10 não consegue fazer. Sim, não faz sentido. Enfim.

Imagens Huawei e DSLR (2016, 2018)

Uma postagem no Instagram de um anúncio da Huawei Nova 3i

A Huawei não foi a única marca a ter usado imagens DSLR enganosas para promover smartphones. A Samsung Brasil também foi apanhada a fazer o mesmo. Mas a Huawei não gosta de ficar atrás da Samsung em nada e portanto fez questão de ser apanhada duas vezes. Incha Samsung.

A primeira grande trapalhada veio em 2016, quando a empresa publicou uma imagem bastante detalhada no Google Plus (lembram-se do Google Plus velhotes?), aparentemente implicando que teria sido tirada no Huawei P9. Claro, uma vista de olhos nos dados EXIF ​​revelou que na verdade foi tirada com uma câmara Canon.

A segunda ocorrência foi em 2018 quando um modelo publicou uma cena dos bastidores de um anúncio do Huawei Nova 3i (visto acima) para o Egipto. A imagem revelou que uma suposta selfie vista no anúncio era na verdade tirada com uma câmara DSLR. Infelizmente, quase que apostamos que não será a última vez que vamos ouvir falar de fotos DSLR que são usadas de forma enganosa pelo mercado de smartphones.

Anúncios ColorOS da Oppo simplesmente maus  (2019)

Estes anúncios ColorOS da Oppo são mais que maus. A empresa lançou dois anúncios nas redes sociais no ano passado para destacar a skin ColorOS 6 Android.

O traço comum nesses anúncios é que alguém está a falar com outra pessoa sobre o ColorOS 6 como se fosse uma pessoa real. A ideia não é brilhante, os atores são demasiado maus, e os diálogos são do pior. A Oppo excluiu os anúncios logo após os publicar, mas eles ainda podem ser encontrados online , peguem nas pipocas e divirtam-se.

Batota em benchmark MediaTek (2020)

Especificações do MediaTek Dimensity 700

Um dos exemplos mais recentes de uma falha de RP na indústria de smartphones surgiu quando foram reveladas evidências de que a MediaTek estava a fazer batota em BenchMarks.

A MediaTek negou qualquer irregularidade, alegando que “mostrar todos os recursos de um chipset em testes de benchmarking está de acordo com as práticas de outras empresas”.

Anúncio da LG Polónia elogia o assédio (2020)

Lembram-se do LG V60 e a capa com um segundo ecrã? Sabiam que dá para usar esse segundo ecrã para pré-visualizar fotos? Que tal demonstrar a execução de aplicações lado a lado? Não, a LG Polónia achou que pôr um suposto cidadão sénior a tirar fotos debaixo da saia de uma modelo era uma melhor ideia.

A divisão Polaca da LG publicou um vídeo TikTok que mostrava um homem de idade a tirar fotos de uma mulher a subir umas escadas. A LG Polónia excluiu o vídeo logo em seguida, e a própria LG disse que a divisão não seguiu o "processo de aprovação adequado".

Estes são apenas alguns dos momentos mais embaraçosos na indústria. Lembram-se de algum que mereça estar nesta lista? Deixem a vossa opinião nos comentários.

Fonte

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!