Android Geek
O maior site de Android em Português

A Xiaomi ainda nos vai desiludir antes do final do ano

dav

A Xiaomi é muito forte na relação preço-qualidade, disso não há dúvidas, mas não é por essa razão que todos os produtos que lança no mercado são maravilhosos, longe disso. Todas as empresas têm os seus pequenos contratempos e a empresa chinesa não é exceção.

A Xiaomi é muito forte na relação preço-qualidade, disso não há dúvidas, mas não é por essa razão que todos os produtos que lança no mercado são maravilhosos, longe disso. Todas as empresas têm os seus pequenos contratempos e a empresa chinesa não é exceção.

Agora que já vimos o Xiaomi Mi 8 Pro e quando falta apenas um mês para o lançamento do Xiaomi Mi MIX 3, há um media gama da empresa que pode fazer a sua aparição antes do final do ano, e a verdade é que pode ser uma amarga decepção para muitos utilizadores que estavam à espera desse smartphone. Adivinham do que estamos a falar?

O Xiaomi Redmi Note 6 será uma decepção se se confirmar o que sabemos até agora

Há poucos dias atrás, saiu um vídeo em que pudemos ver perfeitamente o Xiaomi Redmi Note 6, um dos mais esperados terminais de gama média Xiaomi e que, infelizmente, não muda muito em relação ao seu antecessor.

Como podem ver, o terminal mantém o mesmo Qualcomm Snapdragon 636 que atualmente tem o Xiaomi Redmi Note 5, e a verdade é que este não é um incentivo muito grande em termos da sua compra. Mas é aí que entra a competição interna, já que se o processador selecionado para este terminal fosse um Snapdragon 660, seria muito próximo do Xiaomi Mi A2.  A RAM, por outro lado, também permanecerá em 4 GB.

Xiaomi Redmi Note 6
Dimensões76,3 x 157,9 x 8,2 mm
Peso176 gramas
ScreenSuperAMOLED de 6,26 polegadas com resolução Full HD +
Densidade de pixels398 pixels por polegada
ProcessadorQualcomm Snapdragon 636
RAM3 GB ou 4 GB, dependendo da versão
Sistema operativoAndroid 8.1 Oreo sob MIUI 10
Armazenamento32GB ou 64GB expansível via cartão microSD
CâmarasCâmara traseira dupla de 12 e 5 megapixels com abertura frontal f / 2.2 Câmara frontal dupla de 20 e 2 megapixels
Bateria4.000 mAh
OutrosDual SIM Dual Standby
Data de saída
Preço inicial

 

Outra coisa que não muda, felizmente é a enorme bateria  no terminal, de 4000 mAh, e isso oferecerá uma autonomia aproximada de alguns dias. Mais do que suficiente para qualquer utilizador. E aqui, infelizmente, não há uma das novidades que esperávamos, já que não há conector USB tipo C, mas microUSB.

Mas nem tudo será mau, já que a experiência multimedia com este smartphone pode melhorar muito graças ao seu novo ecrã, que aumenta o tamanho para 6,26 polegadas e que, além disso, será de tecnologia SuperAMOLED, com resolução Full HD +. Um passo à frente nesse sentido que, pelo menos, distrai um pouco do gosto amargo do processador.

O Xiaomi Redmi Note 6 Pro começa a ser vendido antes de ser anunciado oficialmente

Por outro lado, a Xiaomi apostará na introdução de uma câmara traseira dupla de 12 e 5 megapixels, bem como uma câmara frontal dupla de 20 e 2 megapixels. Uma aposta em selfies que não tínhamos visto até agora na gama Redmi Note.

Em geral, estamos diante de um smartphone com algumas mudanças interessantes, como o ecrã SuperAMOLED, sem USB Type C- e com o mesmo processador do antecessor , algo que, neste momento, não convence.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais