Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi Wuhan HQ pronto - terá 10000 engenheiros a trabalhar em AI e IOT

O novo Quarte General Xiaomi Wuhan é apenas o começo dessa expansão. Esta é também uma tendência recente para outras grandes corporações na China.

A Xiaomi fez manchetes em todo o mundo pelo o seu incrível crescimento e produtos inovadores. A Xiaomi está a expandir-se agressivamente e a preparar-se para o futuro. O novo Quarte General Xiaomi Wuhan é apenas o começo dessa expansão. Esta é também uma tendência recente para outras grandes corporações na China. Empresas como Alibaba, Huawei etc. mudaram todas sedes antigoas para novos e maiores espaços.

Xiaomi com novo quartel general

A Xiaomi iniciou o desenvolvimento do QG de Wuhan no ano passado. Esta será a nova sede de vendas e abrigará até 10.000 novos engenheiros. Um repórter que entrevistou funcionários recentemente conseguiu confirmação de que este QG estará pronto no quarto trimestre de 2019.

Xiaomi Wuhan HQ pronto - terá 10000 engenheiros a trabalhar em AI e IOT 1

O edifício está situado na zona administrativa de alta tecnologia. A área é chamada de vale de óptica central, que está a receber um grande influxo de empresas de tecnologia. No final do artigo podem ver por que Wuhan é o centro das atenções agora e por que é o destino preferido.

De acordo com o responsável, a sede da Xiaomi Wuhan empregará novos engenheiros e liderará o desenvolvimento de um grande número de categorias algumas das quais incluem inteligência artificial, IOT, Big Data, tecnologias de nuvem, comércio eletrónico e a própria ala financeira da Xiaomi.

Xiaomi Wuhan HQ pronto - terá 10000 engenheiros a trabalhar em AI e IOT 2

 

O campus, por enquanto, está dividido em dois prédios. Um edifício principal que abrigará espaços de escritórios e um edifício anexo para um grande showroom.

Xiaomi Wuhan HQ pronto - terá 10000 engenheiros a trabalhar em AI e IOT 3

Por que Wuhan?

“Wuhan é perfeita para um centro de P & D, pois está convenientemente localizada na região central da China e possui um rico manancial de talentos, graças a universidades conceituadas localizadas na região. Com planos de construir uma sede com até 10.000 funcionários, a Xiaomi quer construir Wuhan como o novo centro na era da IA ​​”, disse o fundador da Xiaomi, Lei Jun, que também é natural de Wuhan.

Xiaomi Wuhan HQ pronto - terá 10000 engenheiros a trabalhar em AI e IOT 4

Além do charme de um novo centro tecnológico, a maioria das empresas quer deixar os escritórios já lotados. Isso permite aproveitar privilégios oferecidos pelos governos locais para se estabelecerem e reduzirem os custos operacionais.

Para incentivar a transferência de funcionários de outras partes da China, a Xiaomi estaria a oferecer bonus de salário entre outras.

Todos estes funcionários são convidados a permanecer por um período mínimo de dois anos.

Para os detalhes completos do desenvolvimento e outros motivos por que Wuhan é um lugar atraente para as empresas e a razão para isso ser chamado de novo Sillicon Valley na China, leiam este Artigo e isto.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais