Android Geek
O maior site de Android em Português

Um modelo mais barato Huawei Mate 20 Pro existe, mas não é para nós

Não importa qual a marca de smartphones ou sistema operativo o utilizador possa gostar mais, não há como negar que o Huawei Mate 20 Pro é um dos melhores smartphones de 2018. O dispositivo possui uma extensa lista de especificações de ponta e alguns recursos únicos, como carregamento sem fios reverso e um scanner de impressão digital no ecrã.

Não importa qual a marca de smartphones ou sistema operativo o utilizador possa gostar mais, não há como negar que o Huawei Mate 20 Pro é um dos melhores smartphones de 2018. O dispositivo possui uma extensa lista de especificações de ponta e alguns recursos únicos, como carregamento sem fios reverso e um scanner de impressão digital no ecrã. Infelizmente, tudo isso vem acompanhado de um preço considerável de 1049 euros na Europa.

O dispositivo foi inicialmente anunciado a 16 de outubro para os mercados internacionais, mas foi apenas ontem que fez a sua estreia oficial na China. Lá, o smartphone é naturalmente mais barato devido a impostos mais baixos e a determinados custos que a Huawei pode evitar. Mas para além disto, a empresa também fez algumas modificações para o flagship que vem desta forma baixar ainda mais um pouco o preço do Mate 20 Pro
Um modelo mais barato Huawei Mate 20 Pro existe, mas não é para nós 1
Para além da venda ao equivalente de 680 € na China, a Huawei anunciou uma versão do Mate 20 Pro que é idêntica ao modelo internacional em todos os sentidos, excepto um – não possui um scanner de impressão digital no ecrã. Esta versão é acompanhada por dois modelos mais caros que incluem o recurso de segurança. No entanto, ao contrário da variante anterior, estes dois incluem 8 GB de RAM. Além disso, um vem equipado com 128GB de armazenamento, enquanto o outro vem com 256GB. Estes estão disponíveis pelo equivalente a € 760 e € 860, respectivamente.
Devido à estratégia da Huawei fora da China, não é esperado que esses modelos específicos sejam colocados à venda nos mercados internacionais brevemente (ou nunca). Em vez disso, os consumidores terão que se contentar com o modelo Mate 20 Pro padrão que vem com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Alternativamente, o Mate 20 também está disponível a um preço relativamente mais baixo. É esta a estratégia da Huawei no seu mercado, retirar o scanner de impressão digital e em vez disso aumentar a RAM e armazenamento.

Fonte

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉
Fonte Phonearena

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link