Android Geek
O maior site de Android em Português

Tim Cook, promete doações da Apple para restaurar Notre Dame

Tim Cook, CEO da Apple, inclusive publicou uma mensagem na rede social Twitter, uma promessa de que Cupertino estará a ajudar a financiar os esforços dos franceses no processo de reconstrução.

Esta segunda-feira à noite, o mundo inteiro virou os seus olhos para Paris, onde a emblemática catedral francesa, Notre Dame terá sido tomada por chamas.

A tragédia abalou milhares de pessoas pelo mundo fora, enquanto acompanhavam atentamente os esforços do bombeiros franceses, enquanto tentavam dominar o incêndio. A catedral nunca mais será a mesma, sofreu grandes danos no seu telhado e a sua torre chegou a desmoronar.

E num esforço global muitas empresas se comprometeram a doar milhões para restaurar o marco, sendo a Apple uma delas.

Tim cook CEO da Apple

Tim Cook, CEO da Apple, inclusive publicou uma mensagem na rede social Twitter, uma promessa de que Cupertino estará a ajudar a financiar os esforços dos franceses no processo de reconstrução.

Tim Cook faz promeça de ajudar no restauro do icone francês


Estamos com o coração partido pelo povo francês e por todo o mundo, para quem a Notre Dame é um símbolo de esperança. Folgo em saber que todos estão seguros. A Apple doará para os esforços de reconstrução para ajudar a restaurar a herança preciosa da Notre Dame para as futuras gerações.🇫🇷

- Tim Cook (@tim_cook) 16 de abril de 2019

Cook não esclareceu quanto é que a Apple pretende doar, e se terá algo a ver com dinheiro. A empresa também poderá fornecer engenheiros de mapeamento 3D, que trabalham de forma a melhorar a plataforma da Apple Maps desde o seu lançamento há vários anos.

Até agora, mais de € 600 milhões foram reunidos em promessas, provenientes de empresas francesas como a L'Oreal, Total, bem como os proprietários de marcas como Louis Vuitton, Gucci, YSL, bem como um grupo de colaboradores menores.

Embora a Apple ainda precise de esclarecer os comentários do seu CEO, é a primeira grande organização não francesa a expressar sua vontade em ajudar a restauração.

Cupertino na verdade se vangloriou da sua “cultura de doação” no começo deste ano. Durante o ano de 2018, a empresa correspondeu a todas as doações feitas por os os seus funcionários, e chegou a reunir US $ 125 milhões, que eventualmente foram para organizações em todo o mundo.

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais