Android Geek
O maior site de Android em Português

Smartphones Huawei monitorizam alunos chineses

Segundo uma informação da imprensa chinesa, afirma que a Huawei fez dois smartphones, personalizados que vêm com um “Sistema de Monitorização dos alunos”.

A chinesa Huawei, é a atual líder do mercado de telemóveis na china, logo é considerada um alvo bastante interessante para ser criticada. E criticada foi! Aparentemente a Huawei encontra-se a ser alvo de duras críticas por estar a controlar os alunos chineses através dos seus smartphones.

Não bastava já ténue linha que a companhia se encontrava no que toca a polémicas sob controlo e liberdade de expressão, e agora temos mais uma.

Aparentemente a chinesa tem no seu mercado doméstico um smartphone com aplicações personalizadas que monitorizam as atividades dos alunos e partilham dados com os pais e a escola.

Huawei controla o que os alunos chineses andam a fazer

Segundo uma informação da imprensa chinesa, afirma que a Huawei fez dois smartphones, personalizados que vêm com um "Sistema de Monitorização dos alunos". Os dispositivos foram apresentados aos pais durante uma reunião realizada na Liuzhou High School, localizada na província chinesa de Guangxi.

Huawei
Vigilância dos alunos é discutida na Liuzhou High School

E segundo os relatos, um desses telemóveis, tratas-se de uma versão alterada do Huawei Nova 4.  Que vem com uma "função de gestão de tempo e conteúdo" que permite rastrear o tempo que o aluno gasta no telemóvel e permite que as autoridades da escola bloqueiem o mesmo.

A informação diz que o sistema de vigilância estudantil foi projetado por um braço de pesquisa da Huawei baseado na cidade chinesa de Wuhan. O dispositivo pode filtrar conteúdo, bem como  reconhecer e denunciar o mesmo, isto se a escola o considera prejudicial.

Um funcionário da escola comentou com o jornal, The Beijing News que alguns pais inicialmente propuseram a ideia de forma a restringir os alunos. Evistanto assim abusos no uso dos dispositivos.

Smartphones Huawei monitorizam alunos chineses 1

O funcionário da escola também acrescentou que pais e alunos não são obrigados a comprar ou usar estes equipamentos. No entanto, numa declaração à TechNode, a gigante das telecomunicações da Huawei negou ter algo a ver com o referido sistema de monitorização de estudantes.

Acrescentou que se tratava de um “golpe de publicidade” orquestrado pela Zhongheyixun, uma empresa de tecnologia da informação baseada em Guangxi.

Parece que o sistema de vigilância estudantil foi desenvolvido, já que existe realmente um problema relacionado com o vício dos telemóveis. Vicio esse que tem aumentado nas crianças, e bem que vemos esse reflexo nos adultos.

Um problema sério que tem afetado a nossa comunidade, ao ponto de criar situações de stress quando os indivíduos são separados dos seus preciosos gadgets.

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
Fonte
Através de

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link