Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung quer aproveitar a má "reputação da Huawei"

Mas tem a sua reputação manchada por um escândalo bancário, roubo de tecnologia e suspeitas de apoiar o governo chinês comunista, não é de admirar que muitos países estejam a pensar em proibir o uso dos equipamentos de rede da Huawei para construir novas redes 5G. Nos EUA, onde a Huawei é considerada uma ameaça à segurança nacional prlos próprios legisladores, o presidente Trump planeia Proibir o uso de qualquer equipamento de rede chinês por operadoras norte-americanas.

A Huawei é o maior fornecedor de equipamentos de rede do mundo. Mas tem a sua reputação manchada por um escândalo bancário, roubo de tecnologia e suspeitas de apoiar o governo chinês comunista, não é de admirar que muitos países estejam a pensar em proibir o uso dos equipamentos de rede da Huawei para construir novas redes 5G. Nos EUA, onde a Huawei é considerada uma ameaça à segurança nacional prlos próprios legisladores, o presidente Trump planeia Proibir o uso de qualquer equipamento de rede chinês por operadoras norte-americanas.

Samsung quer aproveitar a má "reputação da Huawei" 1

O  receio é que a tecnologia das empresas chinesas contenha formas de acesso que sirvam para espionagem a empresas e consumidores, e que essa informação sejam enviada ao governo chinês. Na China, as empresas são alegadamente obrigadas a ajudar o regime comunista nas suas operações de recolha de informações.
A Huawei negou estas alegações inúmeras vezes, mas foi recentemente acusada criminalmente pelo Departamento de Justiça dos EUA por alegadamente roubar tecnologia robótica pertencente à T-Mobile. A operadora de tecnologia móvel ganhou  4,8 milhões de dólares pagos pela Huawei numa ação civil relacionada com este processo.
Mas os problemas de uma empresa são a oportunidade de outra empresa. De acordo com a Reuters (gráfico Bloomberg).Samsung está a direccionar mais dinheiro para os seus negócios de equipamentos de rede, procurando aproveitar os medos insegurança que cercam a Huawei, a ZTE e outras empresas chinesas. Esta informação da aposta da Samsung vem de funcionários da Samsung e executivos do setor. Por exemplo, a informação diz que a Samsung investirá US $ 22  Mil milhoes em três anos em equipamentos 5G e outras novas tecnologias, como inteligência artificial, biofarmacêutica e eletrónica automóvel.

 

Samsung quer aproveitar a má "reputação da Huawei" 2

A Huawei diz que vê a concorrência com bons olhos. Além da Huawei, outros fornecedores de equipamentos de rede incluem a Nokia e a Ericsson.

Existem algumas empresas de grande nome interessadas nos equipamentos de rede 5G da Samsung. A operadora francesa Orange, que geralmente é fornecida pela Huawei para as suas redes, realizará os primeiros testes de 5G com equipamentos da Samsung no início deste ano. Normalmente, a maioria das operadoras que desejam construir suas redes 5G de última geração seguirao os equipamentos que usavam nos seus planos 4G LTE e apenas atualizariam  equipamentos existentes; Isso economiza dinheiro ás operadora. Mas os EUA estão a pressionar outros países a não escolherem a Huawei e a tecnologia da empresa está proibida na Austrália e na Nova Zelândia.

No entanto países como Alemanha entre outros reiteram a confiança na Huawei.

A Samsung está pronta para aproveitar. Como uma fonte dentro da empresa disse: "Estamos a aumentar os nossos negócios de rede para aproveitar as oportunidades de mercado que surgem num momento em que a Huawei é objecto de alertas sobre segurança".

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link